Fabricantes

01/07/2011 18h30 - Atualizado em 14/07/2011 06h38

Adobe oferece 50% de desconto no Premiere Pro para os usuário do Final Cut Pro

Marcell Almeida
por
Para o TechTudo

Como você já deve ter visto a Apple lançou recentemente o Final Cut Pro X, uma nova versão do seu software de edição de vídeo. A Adobe também possui um software de edição de vídeo, e eles não querem ficar para trás.

Desconto no Adobe Premier Pro (Foto: Divulgação)Desconto no Adobe Premier Pro (Foto: Divulgação)

Por causa dessa preocupação de perder uma boa parte dos seus usuários, a Adobe resolveu fazer uma promoção exclusiva para os clientes do Final Cut Pro X, a empresa ainda aproveitou pra expandir essa promoção para os usuários do Avid Media Composer – outro concorrente direto.

A Adobe disse que qualquer pessoa que tenha adquirido qualquer versão do Final Cut Pro ou Avid Media Composer e quer mudar para as ferramentas de vídeo da dela, será dado um desconto de 50% para adquirir o Adobe Creative Suíte CS5.5 Production Premium ou Adobe Premiere Pro CS5.5. Você pode ver mais detalhes sobre o desconto aqui no site da própria Adobe.

A Adobe tem investido muito no marketing pra conquistar usuários descontentes com Final Cut Pro. Por exemplo, a empresa publicou uma série de “histórias de sucesso” de usuários que trocaram o Final Cut Pro pelo Adobe Premier Pro. Mas é claro que isso não passa de puro marketing, pois existem vários usuários muito satisfeitos com o Final Cut Pro, especialmente com a nova versão do software.

Enquanto a Apple está convencida de que o Final Cut Pro X revoluciona a edição de vídeo, a Adobe diz o inverso. E de fato é difícil dizer qual o melhor, a verdade é que os dois softwares atingem públicos diferentes, enquanto a Adobe foca seus softwares em profissionais de ponta, a Apple foca em usuários mais casuais.

Via: Tech Crunch

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares