Internet

04/07/2011 17h09 - Atualizado em 14/07/2011 06h38

Alemanha quer proibir festas promovidas via Facebook

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

As autoridades políticas alemãs estão planejando uma forma de evitar que mais confusão ocorra devido a festas que são promovidas usando o Facebook. Ministros de interior daquele país querem proibir a criação de eventos na rede social que atraiam gente além da conta, até mesmo por uma questão de segurança pública.

Facebook (Foto: Divulgação)Facebook (Foto: Divulgação)

Em junho, uma menina de 16 anos organizou sua festa de aniversário e mandou o convite pelo Facebook. Detalhe: para todos os usuários da rede, e não apenas para os amigos. O resultado disso foi uma balbúrdia descomunal, com mais de 1.600 tentando participar da festa. Cerca de 100 policiais foram convocados para conter esses jovens; vários saíram de lá feridos.

Entre as reclamações que pretensamente justificam a possível proibição estão o barulho em excesso (ainda mais em um país de idosos, como é o caso da Alemanha), a violência, a destruição de patrimônio e a presença de pessoas que não foram oficialmente convidadas.

Pelo menos três estados federais já estão se organizando para proibir as festas. Os ministros da Baixa Saxônia, da Renânia Norte Vestefália e da Baviera se posicionaram a favor da medida. Um deles disse que as festas “ameaçam a segurança pública e a ordem”.

Exageros à parte, esse tipo de convite em rede social mostra-se cada vez mais perigoso. Talvez seja a hora do Facebook colocar de forma mais explícita que qualquer pessoa poderá comparecer àquele evento caso ele seja publicado na rede social abertamente.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares