Sistemas Operacionais

22/07/2011 15h55 - Atualizado em 22/07/2011 15h55

Co-Fundador da Irrational forma novo estúdio e anuncia Card Hunter

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

O co-fundador da Irrational Games, Jon Chey, abriu um novo estúdio para se dedicar mais a jogos de nicho, que em outras situações nunca poderiam ser feitos. Ele fundou a Blue Manchu, apresentando seu primeiro jogo, Card Hunter, um MMO de estratégia em turnos gratuito, lançado em Flash para PC.

Card Hunter  (Foto: Joystiq)Card Hunter (Foto: Joystiq)

O próprio Jon comenta empolgadamente sobre o jogo: “A melhor forma de descrevê-lo é, imagine que eu pegue um MMO, e toda vez que você luta com um monstro, ao invés de jogar um jogo de tempo com botões que você clica, você está jogando um jogo de estratégia baseado em turnos. Você tem pequenas peças no tabuleiro, e você joga cartas para mover essas peças, e essa é batalha que você luta”.

E continua: “E ao final da batalha você ganha algum tesouro, o qual você então usa para enganar outros personagens como você faz em um MMO, mas esses personagens são na verdade peças em um jogo de tabuleiro. Então é resumidamente isso”.

Um jogo de cartas e estratégia para PC pode não parecer muito atraente, mas ao lado do co-fundador da Irrational Games, há outros nomes de talento, como Ben Lee, diretor de Freedom Force, Dorian Hart, designer de System Shock, e principalmente, Richard Garfield, ninguém menos que o criador do jogo de cartas, Magic: The Gathering.

O título começará para PCs, em Flash, mas deverá se expandir e atingir as plataformas iOS da Apple, como iPhone, iPad e iPod Touch. Card Hunter adota o modelo Free to Play, sendo gratuito, mas oferecendo vantagens aos jogadores que decidirem pagar, ganhando seu dinheiro em microtransações.

Via Joystiq e GamaSutra

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares