Sistemas Operacionais

25/07/2011 11h33 - Atualizado em 28/08/2013 16h31

Criador de Angry Birds aposta tudo na franquia e quer 1 bilhão de fãs

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Se você não se encontra entre os fãs dos passarinhos zangados, talvez já esteja de saco cheio de ouvir deles, mas é bom ir se preparando, pois segundo seu criador, isso não deve parar tão cedo, e na verdade, irá se intensificar. A Rovio declarou que investirá tudo em Angry Birds e que espera alcançar um bilhão de fãs.

Angry Birds Magic. (Foto: Divulgação)Angry Birds (Foto: Divulgação)

Peter Vesterbacka, chefe executivo da Rovio e criador da série Angry Birds, esteve recentemente na conferência Casual Connect, em Seattle, onde explicou que como seria praticamente impossível reproduzir o sucesso do título, eles irão se dedicar a torná-lo a maior franquia de entretenimento possível.

“Criadores de jogos acreditam nas próprias bobagens que falam. Você acha que pode fazer sucesso atrás de sucesso. Nós sabemos quão difícil é fazer isso, então estamos apostando tudo em Angry Birds“, disse Peter.

Em outro momento o criador da série diz que estabeleceu um objetivo bem exagerado: tornar Angry Birds “a primeira marca de entretenimento a atingir um bilhão de fãs”, estimando que em dois ou três anos, poderia chegar nessa marca.

Os números de Angry Birds são bem impressionantes, já tendo sido baixado 250 milhões de vezes, mas muitas vezes são também exagerados, quando a Rovio astutamente agrega os números de todas as versões do jogo, Angry Birds, Angry Birds HD, Angry Birds Seasons e Angry Birds Rio, como se fossem um só, assim contando um fã que tenha múltiplas versões do jogo como várias pessoas diferentes.

Peter também está desconsiderando um ponto básico que faz com que os desenvolvedores busquem o sonho de fazer sucesso atrás de sucesso. Toda série tem um ponto de saturação e até o tão amado Angry Birds pode perder público se explorado demais.

Via Eurogamer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares