Jogos de ação

04/07/2011 14h31 - Atualizado em 14/07/2011 06h38

Diretor de Bodycount diz que PS3 e Xbox 360 estão no limite

Dori Prata
por
Para o TechTudo

Por mais que Sony e Microsoft tentam dizer o contrário, a atual geração de console já está bem perto atingir o seu ápice e diversas produtoras estão fazendo questão de dizer que está ficando difícil criar títulos que parecem tão bons no Playstation 3 e Xbox 360 quanto nos computadores. 

Bodycount (Foto: Divulgação)Bodycount (Foto: Divulgação)

Ao conceder uma entrevista, Andy Wilson, diretor do jogo Bodycount, foi questionado se esses aparelhos estão no limite, quando respondeu que acha justo fazer tal afirmação e que esta “tem sido uma geração com um ciclo fora do normal e que ainda durará um pouco mais.” 

Para ilustrar sua opinião, Wilson citou uma técnica de retalhamento que permitirá aos jogadores abrir buracos nas paredes do FPS que deverá ser lançado no dia 30 de agosto. 

“É preciso uma grande quantidade de esforço para fazer tudo isso funcionar nos consoles, porque consome muita memória. Isso suga a performance neles como vocês nem podem imaginar.” 

O profissional também explicou como um melhor conhecimento das ferramentas usadas na criação de um jogo pode fazer com que eles se tornem melhores com o tempo. 

“Você encontra o limite ao construir engines, ferramentas e middleware, que significa que para o próximo jogo que fizer para a atual geração, já terá utilizado todas essas coisas, então poderá tirar um pouco mais dos aparelhos. 

DiRT é um bom exemplo; ele está no seu terceiro episódio na atual geração de consoles e aproveitou de toda a tecnologia integrada na engine EGO, na qual gastamos todos esses anos construindo. Claramente, se você fizesse o DiRT 3 do zero, ele não pareceria tão bom.” 

Via CVG

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares