Internet

08/07/2011 20h22 - Atualizado em 14/07/2011 06h37

Dropbox muda termos de serviço para agradar usuários

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

A Dropbox se meteu em encrenca novamente. Na semana passada, os responsáveis pelo serviço avisaram que os termos para utilizá-lo haviam mudado. Em se tratando de um serviço de backup, é natural que os usuários verifiquem para ver o que de fato foi alterado. E a boa verdade é que as mudanças não agradam nem um pouco.

Dropbox (Foto: Divulgação)Dropbox (Foto: Divulgação)

Pelos termos divulgados na outra semana, a Dropbox reservava para si a posição de coproprietária dos arquivos enviados para o serviço, seja por meio do site dropbox.com, seja por meio do aplicativo, que tem versões para iOS, Android e outras plataformas (sem falar no OS X da Apple e Windows). A propriedade ia além, pois a empresa também se colocava como dona dos “trabalhos derivados” dos arquivos, como conversões para outros formatos e traduções.

Pois bem, houve muito barulho, e a Dropbox decidiu mudar de novo os termos de serviço. Num texto publicado em seu site, a empresa justificou sua posição dizendo que “fotógrafos, programadores, designers, autores, estudantes, jornalistas e músicos” são apenas alguns dos milhões de usuários da Dropbox, que utilizam o serviço para salvar seus trabalhos. Não é objetivo de a companhia ser coproprietária dos arquivos. “Nós sempre acreditamos que as suas coisas são suas e somente suas, (...) e nós sabemos que muitos de vocês ganham a vida fazendo trabalhos criativos”.

A Dropbox admitiu que certas palavras nos termos de serviço poderiam soar “exageradamente amplas”. Então, para evitar mais problemas e colocar tudo às claras, a seguinte introdução foi adicionada ao documento: “Você detém total propriedade de suas coisas. Nós não reclamamos qualquer propriedade de nada disso. Esses termos não nos garantem qualquer direito às suas coisas ou propriedade intelectual, exceto pelos direitos limitados que nós precisamos para manter o serviço (...)”.

Agora sim, temos um termo de serviço que condiz com a longa tradição da Dropbox de proteger os arquivos dos usuários. De vez em quando aparecem problemas, como quando o serviço ficou aberto para qualquer um baixar documentos dos outros, mas de modo geral a Dropbox continua sendo um dos serviços de backup mais seguros e confiáveis que eu conheço. E eles demonstram que, na tentativa e erro, estão tentando fazer a coisa certa.

Via: IT Project Failures

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares