24/07/2011 14h59 - Atualizado em 06/08/2013 11h55

Hospital pede a parentes que usem o Skype e evitem visitas para economizar dinheiro

Paulo Higa
por
Para o TechTudo
Skype (Foto: Divulgação)Skype (Foto: Divulgação)

E se um parente seu ficasse internado num hospital e os funcionários pedissem que você utilizasse um software de videoconferência em vez de visitá-lo pessoalmente, a fim de cortar gastos? Foi o que aconteceu no Berkshire Healthcare NHS Trust, que oferece atendimento especializado para pessoas com problemas mentais graves, abuso de substâncias e dificuldades de aprendizagem.

A fundação sugere que os parentes contatem os pacientes por Skype ou e-mail, como parte de um plano para economizar 4 milhões de libras esterlinas no ano, o equivalente a R$ 10,1 milhões.

A ideia foi fortemente criticada por educadores, voluntários e políticos. Colin Pill, executivo de uma organização de saúde local, disse: “É ridículo. Eu tive que ler o documento duas vezes para acreditar no que estava vendo”. O vice-prefeito de Slough, Chrissy Small, afirmou: “O Skype pode até ser uma ferramenta útil, mas nunca substituirá um abraço. Não há nada como o contato humano”.

O Skype, que permite ligações e videoconferências gratuitas para pessoas cadastradas no serviço, possuía quase 700 milhões de usuários em 2010 e foi comprado em maio deste ano pela Microsoft, numa transação de 8,5 bilhões de dólares (R$ 13,2 bilhões). O download do Skype pode ser feito no TechTudo Downloads.

Via: Mail Online.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Maria Gonçales
    2011-07-25T11:51:16

    Eu tenho um filho especial. O contato com a familia amor, limites, carinho o fazem felíz. Nao acho que uma conversa atraves do PC possa ajudar em alguma coisa.É preciso calor humano ainda mais numa fase dificil como é durante o tratamento.