Video game

22/07/2011 17h14 - Atualizado em 22/07/2011 17h14

Keiji Inafune se desculpa por cancelamento de MegaMan Legends 3

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

O desenvolvedor Keiji Inafune, muitas vezes considerado como o pai de MegaMan, pediu desculpas à equipe que trabalhou no título e aos fãs de MegaMan Legends 3, alguns que também trabalharam nele, após a Capcom confirmar o cancelamento do jogo.

MegaMan Legends 2 (Foto: Andriasang)MegaMan Legends 2 (Foto: Andriasang)

Inafune deixou a Capcom em 2010, mas ainda assim se sentiu responsável por não estar presente durante o desenvolvimento. É verdade que talvez se ele ainda estivesse lá, o jogo não fosse cancelado puramente por respeito a uma das figuras mais antigas da empresa. Ainda assim, a Capcom disse que o motivo do cancelamento não envolveria o criador da série.

Em seu blog, para a equipe do jogo, Inafune comentou: “A decisão do cancelamento estava fora do meu alcance, mas como alguém que tomou parte no desenvolvimento, eu gostaria de transmitir algo para a equipe: Me desculpem por não poder ter ajudado”. Para os fãs, foi mais sucinto: “Me desculpem de verdade por não poder tomar parte até o fim”.

MegaMan Legends 3 iniciou um grande projeto da Capcom, a Developer Room, um sistema onde os jogadores poderiam ajudar a criar o jogo que desejavam jogar. Isso só potencializou ainda mais a fúria deles quando o título foi cancelado, pois muitos se envolveram profundamente com isso.

Inafune mencionou que continuava acompanhando o projeto, da perspectiva de um fã: “Eu não comprei um 3DS por esse projeto, mas no mínimo eu gostaria de ter jogado o demo”, referindo-se ao fato que muitos jogadores nos comentários do site da Capcom, afirmaram ter comprado o portátil apenas por esse jogo e que agora se sentiam enganados.

Via Andriasang

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares