Jogos de ação

18/07/2011 12h37 - Atualizado em 18/07/2011 12h38

Novo trailer de RAGE convida você a conhecer o "Arsenal" de armas

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Normalmente quando falamos de um jogo envolvendo sobrevivência como RAGE, significa não permitir que outros sobrevivam por muito tempo para tentarem te matar. Por isso a id Software resolveu mostrar em seu mais novo vídeo do título o arsenal de armas que os jogadores terão à sua disposição e as escolhas por trás delas. 

RAGE (Foto: Divulgação)RAGE (Foto: Divulgação)

Logo no início do vídeo, Tim Willits, diretor criativo de RAGE, explica que as partes com combates em veículos são só adições, o jogo é um FPS em sua raiz: “É importante não ficar confuso com o que nós realmente fazemos. Nós somos a id, nós fazemos jogos em primeira pessoa, você pega uma espingarda, atira em um vilão e você sabe o que esperar”. 

O arsenal dos jogadores está sempre crescendo, conforme cada novo cenário tem sempre novas armas, novos tipos de munição ou novas peças para personalizar seu equipamento. A intenção da equipe é que todos experimentem bastante com as opções disponíveis até acharem suas preferidas. 

“São alguns elementos diferentes que realmente fazem uma arma boa ou prazerosa. Quando você aperta o gatilho, tem que fazer algo do outro lado. É quando você recebe o retorno de explodir uma cabeça ou ver uma animação de morte legal”, disse Matt Hooper, diretor de design. 

Há ainda a economia, dinheiro e itens que podem ser vendidos, permitindo que o jogador escolha em qual direção ele deseja evoluir suas armas. Combate indireto também é uma grande porção de RAGE. Você pode construir mecanismos como metralhadoras fixas, aranhas robôs com armas e até carros de controle remoto com bombas. 

Via Destructoid

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares