Tablet

28/07/2011 12h19 - Atualizado em 28/07/2011 12h20

Panasonic Raboo UT-PB1, um e-book reader com sistema Android

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

A Panasonic tornou oficial o seu leitor de livros eletrônicos Raboo UT-PB1, apresentado como protótipo há duas semanas, durante o e-Book Expo Tokyo. O produto tem como principal destaque ser gerenciado pelo sistema operacional Android.

Raboo UT-PB1 (Foto: Divulgação)Raboo UT-PB1 (Foto: Divulgação)

O Panasonic Raboo UT-PB1 possui tela touchscreen de 7 polegadas, com resolução de 1024 x 600 pixels 8 GB de armazenamento, apesar do fato que apenas 4,5 GB estarão disponíveis para armazenamento de arquivos do usuário. O processador é do tipo dual core (não há detalhes sobre o fabricante do processador ou sobre sua velocidade).

Raboo UT-PB1 (Foto: Divulgação)Raboo UT-PB1 (Foto: Divulgação)

O e-book reader conta ainda com um slot para cartões microSD, câmera de 1.3 megapixels, conectividades Bluetooth e WiFi 802.11. O modelo vem com todas as especificações para que os fãs de livros eletrônicos possam buscar outros títulos na internet e armazená-los em uma memória externa, além de poder trocar os arquivos por uma interface sem fio com dispositivos de outros usuários ou com os arquivos armazenados no computador.

O sistema operaciona do Raboo é o Android, mas o usuário terá de utilizar a interface integrada pela Panasonic, compatível exclusivamente com o formato de e-books XMDF, o que é uma pena, diante da grande variedade de formatos de livros eletrônicos disponíveis no mercado. O tablet pode acessar conteúdos disponíveis na TV Panasonic Viera e rodar vídeos em WMV, MPEG-4 e H.264 (inclusive em Full HD), além dos formatos de áudio ACC, MP3 e WMA.

O Panasonic Raboo UT-PB1 já está disponível no Japão, com preço de aproximadamente US$ 440.

Via: Geeky-Gadgets

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares