Robótica

01/07/2011 19h20 - Atualizado em 06/10/2011 18h38

Robôs ganham sensores hexagonais para sentirem o que tocam

Daniele Monteiro
por
Para o TechTudo
Robô hexagonal (Foto: Divulgação)Robô hexagonal (Foto: Divulgação)

Os pesquisadores da Universidade Técnica de Munique (TUM) desenvolveram um robô com sensores compostos por placas hexagonais, que funcionarão como uma “pele sensível” ao toque. Essa pele artificial ainda não é tão completa e complexa como a pele humana. Existem placas de circuitos individuais que possuem quatro sensores infravermelhos capazes de detectar qualquer coisa com uma distância de apenas um centímetro. Falando de maneira bem simples, o robô poderá analisar e tomar uma decisão com relação ao objeto que estiver a sua frente antes de tocá-lo.

Além dos sensores de toque nas placas hexagonais haverá também sensores de temperatura e um acelerômetro, para que o robô analise com precisão o objeto antes de tocá-lo, evitando assim que seja causado um estrago quando ele for segurar o objeto.

Com todo esse realismo, é possível que em breve teremos robôs cuidando de nossas casas? Será que viveremos tempo suficiente para ver tal evolução? Segundo o filme O Homem Bicentenário, ambientado em 2005, já teríamos androides em nossas vidas para fazer as tarefas rotineiras, infelizmente estamos longe de tal realidade, estamos em 2011 e nada de androides em casa para nos ajudar.

Via: Ubergizmo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Sandro Rocha
    2011-07-04T14:35:04

    Boa matéria!!!!

  • Sandro Rocha
    2011-07-04T14:30:24

    Boa matéria!!!!1

  • DANIEL CAETANO
    2011-07-01T19:40:49

    Como ainda não temos androides?? Olhe pro seu celular!