Jogos de ação

29/07/2011 14h23 - Atualizado em 29/07/2011 14h23

THQ encerra a franquia Red Faction

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Após resultados insatisfatórios com a franquia Red Faction e mais precisamente com seu título mais recente, Red Faction: Armageddon, se tornando um jogo muito dependente de um nicho de jogadores, a THQ está encerrando todos os esforços sobre a franquia. 

Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)

Nas palavras do chefe executivo da THQ, Brian Farrell, durante uma reunião para investidores da empresa: “Considerando que o título, agora em duas versões sucessivas, acabou de encontrar um nicho, nós não pretendemos continuar com a franquia de qualquer forma significativa”. 

Obviamente “qualquer forma significativa” deixa espaço para especulação. Pode apenas ser um jeito educado de dizer que a franquia vai pra geladeira por muito tempo, ou também a possibilidade de que a marca só apareça em títulos de menores valores de produção, talvez por download, ou produtos em outras mídias. 

Quando falando sobre as vendas, o chefe executivo comentou: “As vendas de Red Faction: Armageddon e nossos títulos infantis licenciados foram abaixo do nosso esperado, e o lançamento tardio de UFC Personal Trainer também afetou negativamente o trimestre” 

O time da Volition responsável pelo jogo, foi elogiado por Farrell, que disse que eles são talentosos. Eles serão agora redirecionados para o projeto de Guillermo del Toro, o jogo de terror, Insane. 

Como um todo, a THQ teve aumento em suas vendas do primeiro trimestre, de US$ 149.4 milhões para US$ 195.2 milhões. Apesar disso, quando a empresa remove das contas o capital que pretende reinvestir em serviços online de seus jogos, acaba mostrando um prejuízo de US$ 38.4 milhões. 

Via Joystiq

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares