Fabricantes

30/08/2011 11h26 - Atualizado em 30/08/2011 11h48

BMW testa carros autônomos

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

A ideia de dirigir uma BMW em uma estrada europeia sem precisar colocar as mãos no volante está tomando forma. A BMW está testando um carro da série Sedan de tecnologia autônoma avançada que assume o controle do carro em determinadas situações.

BMW testa sistema autônomo. (Foto: Divulgação)BMW testa sistema autônomo. (Foto: Divulgação)

O modelo está sendo avaliado em um trajeto que vai de Munique até Nuremberg, e o objetivo é que o carro consiga fazer o percurso em segurança sem nenhum tipo de ajuda do motorista. O sistema analisa o tráfego da estrada, mudando o sistema de condução de acordo com o volume de carros presente na estrada.

Engenheiros do grupo de pesquisas Highly Automated Driving já rodaram mais de 3.100 milhas com o carro semi-autônomo, que pode se virar sozinho durante um congestionamento e até mesmo levar o motorista para um local seguro na estrada, caso ele não seja capaz de fazer isso sozinho.

O sistema usa uma combinação de tecnologias: radar, ultrassom, controle de vídeo e mapas de GPS altamente detalhados. Essa combinação é capaz de detectar a posição do veículo em relação a tudo o que acontece ao seu redor, incluindo o tráfego da estrada. Com essas informações, o protótipo da BMW pode não apenas manter o carro dentro do tráfego pesado, mas também fazer a transição para um engarrafamento que está à sua frente.

Grande parte da tecnologia de sensoriamento ambiental surgiu como parte da parceria da BMW com a SmartSenior, que faz parte de uma iniciativa de pesquisa tecnológica do governo alemão em financiar o desenvolvimento do sistema de emergência autônomo.

O sistema pode detectar quando o motorista não está apto a dirigir o veículo (em virtude de uma emergência médica, por exemplo) e assumir o controle do carro, estacionando o veículo no acostamento e chamando o serviço de emergência.

O carro trabalha com vários sistemas em conjunto. Caso um falhe, outro sistema vai assumir o controle. Se não houver dados precisos o suficiente de pelo menos dois fluxos de informação, o sistema não vai funcionar. Além disso, os pesquisadores alertam que o motorista ainda é responsável por tudo o que acontece no carro e deve ficar atento ao trânsito e às informações enviadas e recebidas pelo sistema.

Via: Wired

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares