02/08/2011 20h53 - Atualizado em 03/08/2011 08h39

Especialistas temem pela saúde de crianças que assistem a TV enquanto usam tablets, smartphones e laptops

Bernardo Cury
por
Da redação
Crianças multitarefa (Foto: Reprodução)Crianças multitarefa. (Foto: Reprodução)

Segundo especialistas, a nova geração está cada vez mais à vontade para usar até cinco dispositivos interativos ao mesmo tempo. Pesquisadores ingleses revelaram que crianças de apenas dez ou onze anos estão constantemente visualizando mais de uma tela de uma só vez. Quer dizer, elas assistem a TV enquanto usam tablet, smartphone ou laptop.

Embora possa parecer uma habilidade louvável, os pesquisadores alertam que isso pode estimular o sedentarismo e, consequentemente, aumentar os riscos de problemas com obesidade e saúde mental nos jovens. Hoje em dia, é possível assistir a TV "on demand" por meio da Internet, jogar games em laptops, aparelhos portáteis e celulares, manter contato com amigos através de mensagens de texto, Facebook, Skype e MSN; tudo isso ao mesmo tempo.

O estudo entrevistou 63 crianças de dez e onze anos de idade e descobriu que elas fazem questão de visualizar mais de uma tela ao mesmo tempo. O segundo dispositivo é normalmente usado para preencher as pausas durante o entretenimento; como quando mandam SMS para os amigos durante os anúncios de TV ou enquanto os jogo estão carregando.

A televisão também acaba sendo jogada para escanteio. Especialmente se o programa escolhido pela família tiver sido considerado "chato". Um dos entrevistados do estudo disse: "eu uso meu Nintendo DSi e o laptop na mesma hora. No DSi, estou no MSN, e no laptop, no Facebook; depois ainda ligo a TV".

O Dr. Russ Jago, da Universidade de Bristol, disse que "programas de TV podem ser assistidos em computadores, consoles de videogame podem ser usados para navegar na Internet, smartphones, computadores, tablets e portáteis podem tocar músicas e computadores podem fazer tudo junto".

Campanhas de saúde têm recomendado a redução da quantidade de tempo que as crianças gastam assistindo a TV. No entanto, os jovens que participaram da pesquisa tiveram acesso a pelo menos cinco diferentes dispositivos, na maioria das vezes, portáteis.

Jago conclui: "isso significa que as crianças ainda conseguem mover os equipamentos do quarto para a sala, por exemplo, quer queiram privacidade ou companhia. Isso indica que precisamos estimular as famílias a desenvolver estratégias que limitem o tempo total gasto visualizando mais de uma tela ao mesmo tempo, onde quer que isso ocorra dentro de casa".

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Patrick Martins
    2011-08-03T10:17:24

    O JOVEM QUE MORREU NÃO FOI POR CAUSA DE VICIO EM JOGOS .. E SIM POR TER UM PROBLEMA NO CORAÇÃO .. AGORA UMA PERGUNTA, COMO VOCÊ QUER QUE ESSA GERAÇÃO DE HOJE DE DIVIRTA SE NÃO TEM SEGURANÇA ?? VIVER EM UM LUGAR QUE VOCE NÃO PODE USAR UM RELOGIO .. UM CORDAO .. NAO PODE CHEGAR TARDE EM CASA .. O JEITO É COMER E FICAR EM FRENTE A TECNOLOGIA .. MELHOR DO QUE FICAR VENDO FAUSTÃO E GUGU ..

  • Urias Aquino
    2011-08-03T09:46:07

    Isso vem se consumando a cada dia; até ontem morreu um jovem viciado em jogo; e, com isso , a expectativa de vida delas será nos "louváveis mais duradouros" 50 anos. Cruel, como a raça humana decaiu.