Internet

15/08/2011 15h37 - Atualizado em 15/08/2011 16h50

Hacker roubou cerca de 90 mil reais de contas online de vizinhos usando suas contas do Facebook

Bernardo Cury
por
Da redação
Iain Wood (Foto: MailOnline)Iain Wood (Foto: MailOnline)

Um hacker roubou dinheiro de amigos e vizinhos direto de suas contas bancárias depois de descobrir suas senhas a partir de informações pessoais que colocaram em sites como Facebook e Friends Reunited.

Iain Wood, de 33 anos, gastava até 18 horas por dia conseguindo detalhes particulares das pessoas que viviam no mesmo prédio, arquitetando uma complexa fraude. Ele também usou detalhes de seus amigos pessoais para obter verificações de segurança e invadir suas contas bancárias. Ele conseguiu roubar mais de 35 mil libras (cerca de 92 mil reais) ao longo de dois anos.

Wood gastou o dinheiro em jogos e acabou sendo pego de surpresa quando ficou excessivamente confiante e mudou a maneira de roubar dinheiro. Ele transferiu dinheiro da conta do vizinho diretamente para sua própria em novembro de 2009 e quando a vítima foi contactada sobre a retirada de 1.500  libras, percebeu que tinha sido vítima de fraude.

A polícia achou que foi um caso único, quando ao ser preso Wood perguntou se eles estavam prestando atenção nele fazia muito tempo. O juiz Guy Whitburn o sentenciou a 15 meses de pisão e declarou: "Esta é a primeira vez que eu me deparei com uma fraude sofisticada como esta, que foi muito bem planejada, complexa e inteligente. Ele estava usando identidades de outras pessoas e houve uma violação de confiança considerável por assumir as identidades de seus vizinhos. É uma decepção para as pessoas que vivem no mesmo prédio que ele".

Neil Pallister, promotor, disse: "Ele contou que tinha descoberto como acessar contas bancárias online. Ele dizia que não conseguia se lembrar da senha e respondia as perguntas de segurança sobre a data de nascimento e nomes de solteira da mãe e com isso foi capaz de acessar as contas alheias".

O advogado de acusação continuou: "Ele fazia amizade com pessoas no Facebook e via seus nomes de usuário, e então tentava nos sites de banco, com as mesmas senhas. Se isso não funcionasse, ele preenchia as informações de segurança que havia adquirido do Facebook e Friends Reunited".

Wood vivia no East End, em Newcastle, e os crimes ocorreram de junho de 2008 até junho do ano passado. Ele se declarou culpado de sete acusações de falsidade ideológica e responde por mais seis crimes semelhantes que serão investigados.

Via MailOnline

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Mauro Fransoni
    2011-10-30T13:57:45

    Esse caso serve de alerta a todos. Divulgar informações pessoais na rede mundial de computadores não é totalmente seguro. Uma personalidade criminosa pode se aproveitar da ingenuidade alheia e, fazendo uso de "Engenharia Social" conseguir informações confidenciais importantes. Aos usuários de redes sociais vai meu alerta. Não divulguem nomes e números que tenham relação direta com suas senhas pessoais, isso facilita enormemente sua descoberta. No mundo virtual, roubo, estelionato, pedofilia são crimes reais. Amem-se, cuidem-se, protejam-se e confiem (desconfiando).

  • Pedro Araujo
    2011-10-30T11:16:51

    Quase uma engenharia social.