Jogos de aventura

05/08/2011 18h38 - Atualizado em 05/08/2011 18h38

Linha de roupas de Assassin’s Creed Brotherhood traz dica sobre a história

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

A Ubisoft anunciou que lançará uma linha de roupas oficial baseada em seu jogo de assassinos medievais, Assassin’s Creed Brotherhood. Como se já não bastasse o frisson gerado pelos trajes, ela ainda disse que há uma dica sobre a história da série neles.

Linha de roupas de Assassin's Creed Brotherhood traz dica sobre a história (Foto: Destructoid)Linha de roupas de Assassin's Creed Brotherhood traz dica sobre a história (Foto: Destructoid)

As vestes são fruto de uma parceria entre a Ubisoft e os designers de roupas da Insert Coin no Reino Unido, único território onde as roupas estarão disponíveis inicialmente, sendo que importar ainda é uma opção.

Inicialmente estão confirmados uma camiseta e um moletom, escrito “Monteriggioni 1499″, a cidade italiana onde o jogo se passa. Se compararmos com outras roupas da loja, é bem provável que a inscrição seja apenas impressa e não costurada.

As cores não poderiam ser outras além do tradicional cinza por fora com um vermelho bem vívido por dentro. O capuz terá até mesmo o “bico de águia” de Ezio, na ponta.

Segundo a Insert Coin, as roupas tem uma dica sobre a história dos assassinos e dos Templários. Provavelmente será algum detalhe que passará despercebido por um tempo e depois alguém dirá: “Ah! Então era isso!”. Seria divertido também ver várias pessoas usando as roupas e então eles dizerem: “A dica é que eles estão entre nós”.

As roupas de Assassin’s Creed Brotherhood serão lançadas no final de Agosto / início de Setembro e caso sigam o mesmo preço de outros produtos da loja, as camisetas deverão custar entre US$ 30 e US$ 40 e os moletons por volta de US$ 45.

Via Destructoid

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares