04/08/2011 16h39 - Atualizado em 04/08/2011 16h39

Menor bateria do mundo é 60 mil vezes menor que uma bateria AAA

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

Pesquisadores da Rice University desenvolveram uma bateria que consegue ser seis vezes mais fina que uma bactéria e que pode fornecer energia para minúsculos dispositivos eletrônicos, como sensores de observação para elementos unicelulares.

Menor bateria do mundo (Foto: Divulgação)Menor bateria do mundo (Foto: Divulgação)

A pequena bateria possui 150 nanômetros de largura, e é centenas de vezes mais fina do que um fio de cabelo humano, e mais de 60 mil vezes menor que uma pilha AAA. Na verdade, ela é o resultado do cruzamento entre uma bateria comum e um supercapacitor. Os supercapacitores podem fornecer mais energia que as baterias comuns, e a produção das nano baterias pode ser de milhares de unidades em apenas um único procedimento de produção.

Cada bateria é um nanofio, cuja metade é trabalhanda com um eletrodo negativo, e, a outra metade, com um eletrodo positivo. As matrizes dessas nanobaterias podem ser utilizadas para energizar dispositivos médicos implantáveis, sensores químicos e biológicos e redes de microscópio sem fio. Elas também permitem que minúsculos computadores possam ser integrados em todos os tipos de dispositivo, tornando diversos objetos do nosso cotidiano “inteligentes”.

A menor bateria do mundo ainda é apenas um protótipo de laboratório. Ou seja, nem todos os detalhes técnicos do produto estão trabalhados. O projeto ainda precisa se desenvolver muito para sair da fase de conceito para se tornar um produto efetivamente comercial. Um dos problemas que ainda precisa ser solucionado é a vida útil, que permite apenas 20 recargas antes de uma completa inutilização. E, convenhamos, trocar essas nano baterias não deve ser uma das missões mais fáceis.

Para saber mais sobre o projeto da nano bateria, visite o site da Rice University.

Via Geeky Gadgets
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares