Jogos de corrida

01/08/2011 14h19 - Atualizado em 01/08/2011 14h19

Modelo adotado em MX vs. ATV Alive não obteve sucesso

Dori Prata
por
Para o TechTudo

Com tanta concorrência e os consumidores clamando por títulos mais baratos, as empresas estão buscando alternativas para tentar aumentar o número de vendas. Entre tantos experimentos que surgiram nos últimos meses, um idealizado pela THQ parecia um dos mais interessantes.

MX Vs ATV Alive (Foto: Divulgação)MX Vs ATV Alive (Foto: Divulgação)

Com o jogo de corrida MX vs. ATV Alive a desenvolvedora pretendia oferecer o game por um valor consideravelmente inferior ao de um lançamento, mas com menos conteúdo que o habitual e com o tempo seria lançado conteúdo adicional pago e caberia aos jogadores escolher no que gostariam de investir, como novos veículos, pistas e modos.

No papel tudo parecia muito bom, mas em uma reunião com investidores o CEO da companhia, Brian Farrell, revelou que o modelo não foi bem aceito pelos consumidores.

“Estamos tentando pegar alguns dos nossos aprendizados do mercado free-to-play e ver o que podemos aplicar no mundo dos consoles. A ideia era lançar um produto robusto pelo preço de US$ 39.99, construir uma grande base instalada mais rapidamente e lucrar em cima dessa base através do lançamento rápido e numeroso de DLCs.

O principal aprendizado no caso do MX vs. ATV Alive é que não foi um experimento bem sucedido. O preço de US$ 39.99, embora tenha sido bom – tendo nos dado uma alavancada nas vendas – simplesmente não foi o suficiente para instalar uma base do tamanho que desejávamos. Obviamente que em consequência dessa pequena adoção por parte dos jogadores a quantidade de DLCs vendidos não foi o que esperávamos.”

via Joystiq

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares