27/08/2011 16h50 - Atualizado em 27/08/2011 16h51

Pesquisa revela que casais passam mais tempo com tecnologias do que namorando na cama

Bernardo Cury
por
Da redação
Casais passam cada vez mais tempo no laptop (Foto: Reprodução)Casais no laptop (Foto: Reprodução)

Um estudo revelou que casais estão gastando mais tempo olhando para seus laptops no quarto do que olhando um para o outro no quarto. A pesquisa inglesa alerta que as pessoas estão colocando em risco suas relações por causa destas tecnologias na cama.

Mais de dois milhões de britânicos foram entrevistados, e o estudo descobriu que 23% delas costumam usar laptops ou outros gadgets na cama antes de dormir.

Christine Northam, uma conselheira de relacionamentos do site inglês Relate, advertiu que a obsessão com a tecnologia pode levar a problemas de relacionamento. "A tecnologia moderna nos oferece ferramentas brilhantes, mas quando seu uso se torna excessivo e chega na cama, pode realmente atrapalhar os relacionamentos. A tecnologia é uma grande distração e pode levar os outros a pensar que você quer evitá-los", disse.

A especialista em relacionamento aproveita para dar dicas de como sair desta situação: "uma conversa calma é uma ótima maneira de se conectar com amigos e familiares. Precisamos ter um tempo para falar cara a cara. Quando você está na cama é o momento perfeito para se 'desligar' da tecnologia e 'sintonizar' o seu relacionamento", concluiu.

Via MailOnline

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Cledivaldo Silva
    2011-08-27T20:23:06

    concordo com o Fernando

  • Renata Amaral
    2011-08-27T20:22:52

    a materia é toalmente certa as pessoas estão esquecendo de se olhar e conversar até pra dizer que gosta uma das outras usam esses site de relacionamento.

  • Mari Me
    2011-08-27T19:47:47

    Esse Fernando precisa de umas boas aulas de interpretação de texto...