30/09/2011 08h20 - Atualizado em 30/09/2011 08h20

Americanas processam cirurgiã plástica por publicar fotos de seus seios "antes e depois" da cirurgia

Aline Carvalhal
por
Da redação
Michele Koo (Foto: Reprodução)Michele Koo (Foto: Reprodução MailOnline)

Cinco americanas processaram a cirurgiã plástica Michele Koo, responsável pela operação em seus seios, após descobrirem fotos acompanhadas de seus nomes publicadas no website oficial da doutora. As pacientes confessaram terem se sentido “humilhadas” pela descoberta - que aparece quando se procura pelos nomes das pacientes na Internet.

A exposição sofre cinco ações movidas na corte de St. Louis, Estados Unidos. Todas as imagens foram tiradas pela médica e postadas online para promover o trabalho dela de correção e melhora de busto. A doutora começou a sofrer acusações após ter identificado as mulheres operadas pelo nome.

Representadas pelo advogado Neil Bruntrager, as pacientes revelam que as fotos mostram nudez da cintura até o queixo e contém seus nomes ao lado, o que teoricamente causou “vergonha, humilhação, ansiedade, nervosismo e insônia”. Elas dizem também que as imagens apareceram online alguns anos depois das cirurgias, quando a doutora lançou seu site pessoal.

Pacientes tiveram as fotos divulgadas ao lado de seus nomes (Foto: Reprodução)Pacientes tiveram as fotos divulgadas ao lado de seus nomes (Foto: Reprodução)

O processo movido na justiça alega: “as pacientes não foram notificadas que suas fotos seriam publicadas na Internet. Acreditavam que seriam utilizadas apenas para propósitos médicos. A acusada sabia ou deveria saber por bom senso que as imagens e os nomes das pacientes tinham sido indevidamente divulgados. Não havia autorização para compartilhar esse tipo de informação pessoal".

O processo – que ainda será julgado – inclui acusações de invasão de privacidade, exploração da imagem do paciente e de informações médicas e uso de publicidade indevida.

Via MailOnline

 

  

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares