11/09/2011 07h03 - Atualizado em 11/09/2011 07h03

Interferência magnética no cérebro impossibilita mentir

Rebecca Porphírio
por
Da redação
ímãs mentira (Foto: Daily Mail)Voluntário sendo analisado. (Foto: Daily Mail)

Pesquisadores da Estônia descobriram que aplicando ímãs em lados específicos do cérebro é possível estimular comportamentos em uma pessoa, como a sinceridade. 16 pessoas participaram do teste, sendo que metade teve ímãs colocados no lado direito do córtex pré-frontal dorsolateral, a parte que fica logo depois da testa.

Oito participantes foram absolutamente honestos quando perguntados sobre as cores que viram nos testes. Por outro lado, os outros voluntários, com ímãs do lado esquerdo, conseguiram mentir sobre o que viam. “Ímãs podem ser usados para corromper a moral do cérebro”, disse o doutor Liane Young, responsável pelo estudo.

Os cientistas tentam provar que escolhas de certo e errado não são tomadas apenas com base na fé e na filosofia, mas também na biologia. A tecnologia usada por pesquisadores do MIT se trata de uma técnica invasiva de estimulação magnética que corrompe uma parte do cérebro que fica bem atrás da orelha: a junção temporo-parietal direita, onde fica o compasso moral.

Via Daily Mail

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares