Jogos de aventura

13/09/2011 12h15 - Atualizado em 13/09/2011 12h15

The Legend of Zelda: Skyward Sword aparece em vídeo da Conferência da Nintendo

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Durante a Nintendo 3DS Conference 2011 que ocorreu no Japão, o criador da série The Legend of Zelda, Shigeru Miyamoto, surgiu com sua tradicional Master Sword no palco para demonstrar um pouco mais do novo capítulo da saga, The Legend of Zelda: Skyward Sword

The Legend of Zelda: Skyward Sword (Foto: Divulgação)The Legend of Zelda: Skyward Sword (Foto: Divulgação)

Apesar da conferência ser do Nintendo 3DS, o título para o Wii também estava presente. Miyamoto fala de muitos outros assuntos, incluindo o título multiplayer The Legend of Zelda: Four Swords para o portátil. A sessão de The Legend of Zelda: Skyward Sword começa por volta de 6:15 do vídeo.

Enquanto o grande guru do game design explicava para os jornalistas ali presentes o funcionamento da nova jogabilidade através do Wii Remote Plus ou do Motion Plus, os quais fornecem movimentos mais precisos, nos deliciávamos com novas partes do jogo sendo mostradas, incluindo itens novos, batalhas aéreas e um dungeon no deserto.

O novo dungeon no deserto foi o plano de fundo para boa parte do vídeo, mostrando um pouco do Clawshot, substituto do Hookshot em Twilight Princess, que adiciona duas garras na ponta das correntes, permitindo que Link se agarre em seus alvos. Um velho conhecido também parece retornar, quando surge um item que parece o Gust Jar de The Minish Cap. 

Já sabíamos também que Link voaria em um grande pássaro pelos céus de Skyloft, mas pela primeira vez vemos uma batalha aérea contra uma enorme criatura. Aparentemente não será tão entediante viajar pelos céus quanto pelos mares de Wind Waker. 

As proporções épicas da batalha são apenas um prenúncio do quão grande deverá ser o título. Segundo Shigeru Miyamoto, este é um dos títulos mais longos que a empresa já fez, trazendo entre cinquenta a cem horas de jogo. 

 

Via GameInformer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares