Internet

26/09/2011 12h27 - Atualizado em 26/09/2011 12h27

Netflix vence HBO e fecha parceria com Dreamworks para exibir filmes via streaming

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo
Netflix e Dreamworks fecham parceria. (Foto: Reprodução)Netflix e Dreamworks em parceria. (Foto: Reprodução)

A Netflix resolveu reagir. Depois de sofrer alguns golpes por causa da reação do mercado e de consumidores diante do anúncio do seu novo plano de negócios e previsões de novos assinantes, a empresa de streaming de vídeos assinou um contrato com a DreamWorks, no qual vai oferecer aos seus assinantes acesso aos seus filmes e programas de TV via internet.

Com isso, a Netflix derrotou a HBO na negociação desses direitos de transmissão. Hoje, a HBO tem preferência de exibição dos filmes da DreamWorks em qualquer tipo de mídia (TV ou internet). Estimativas apontam que o valor oferecido pela Netflix para fechar o negócio com a DreamWorks é de US$ 30 milhões por filme adicionado em seu catálogo, enquanto a HBO estaria disposta a pagar US$ 20 milhões por filme.

É esse tipo de movimento da Netflix que pode garantir que a empresa “roube” não só usuários da TV a cabo dos Estados Unidos, mas principalmente as próprias produtoras, que vão optar por dar preferência ao seu serviço de streaming online.

Ou seja, a Netflix precisa ser agressiva nas próximas negociações com os demais estúdios para aumentar o seu acervo com conteúdos relevantes, para que a empresa se coloque como uma adversária real dos canais de TV por assinatura. Normalmente, as produções são adicionadas ao Netflix depois de uma considerável janela de tempo de sua exibição nos canais premium da TV paga norte-americana.

O acordo só entra em vigor nos Estados Unidos a partir de 2013. Em 2012, a Netflix perde o direito de transmitir os filmes da Disney e Sony Pictures, como resultado do fracasso de suas negociações recentes. Fato é que a Netflix perdeu estúdios muito maiores e com maior conteúdo que a DreamWorks, e a empresa vai ter que trabalhar duro nas próximas negociações para recuperar o prejuízo.

Via TechCrunch

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares