Tablet

23/09/2011 17h44 - Atualizado em 23/09/2011 17h44

Serviço de streaming Hulu chega a 1 milhão de usuários pagantes

Flavio Croffi
por
Para o TechTudo

As empresas de streaming de vídeos crescem cada vez mais no mercado. Depois do serviço Netflix chegar ao Brasil em setembro deste ano, a rede Hulu também mostrou desenvolvimento, ao anunciar que já são mais de um milhão de clientes pagantes.

Mais de US$ 375 milhões serão investidos em novos conteúdos. (Foto: Divulgação)Mais de US$ 375 milhões investidos. (Divulgação)

O serviço atingiu esta marca antes mesmo do previsto. Em junho deste ano, Jason Kilar, o chefe do Hulu, comentou que o serviço chegaria a este número de clientes pagantes apenas no final de 2011. Para a felicidade da empresa, estre número foi atingido três meses antes.

Ao contrário de outros serviços semelhantes, o Hulu oferece conteúdo limitado gratuito para os usuários do seu site, além de uma assinatura mensal de US$ 8 pelo Hulu Plus. Os assinantes têm acesso a uma grande biblioteca de conteúdos como seriados, programas de TV e filmes não só na tela do computador, mas também em dispositivos como TVs, iPhone, iPad e alguns sistemas Android.

Pronto para crescer

Os planos da empresa pretendem converter ao menos uma fatia dos 40 milhões de assinantes do serviço grátis em pagos. E para isso, Kilar pretende investir 375 milhões de dólares em conteúdo para 2011.

Além disso, o Hulu foi lançado no Japão neste ano, ação que representa sua primeira expansão internacional. Além de produções japonesas, o serviço fechou licenças com a Sony Pictures Entertainment, Twentieth Century Fox, Walt Disney do Japão, Warner Bros., NBC Universal e CBS.

Enquanto isso, nos bastidores acontece a corrida das empresas para ganhar da concorrência. Hulu, Netflix e Amazon travam uma batalha para ver quem atrai mais consumidores.

Via Mashable
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares