Internet

19/09/2011 20h33 - Atualizado em 19/09/2011 20h33

Twitter reforça servidores para evitar a temida baleia

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

Com 100 milhões de usuários ativos, o Twitter tem mesmo que se preocupar com a performance de seus servidores. Para evitar que a temida baleia continue aparecendo para seus usuários, a companhia anunciou investimentos em uma nova leva de servidores nos Estados Unidos.

Logo do Twitter (Foto: Divulgação) Twitter reforça servidores. (Foto: Divulgação)

Em parceria com a QTS (Quality Technology Services), uma gigante do setor de hospedagem de sites e armazenamento de dados, o microblog vai adotar uma fazenda de servidores também na costa leste dos Estados Unidos. Os equipamentos ficarão dentro de uma instalação segura que conta com nada menos que 92 mil metros quadrados no centro de Atlanta.

Com a adição de mais essa leva de servidores, o Twitter se prepara para continuar crescendo e publicando 230 milhões de tweets por dia —  ou até mais que isso, quando os servidores estiverem funcionando.

A estratégia da companhia beneficia diretamente os americanos. Antes da expansão, os servidores do Twitter ficavam na costa oeste. Com a chegada da QTS, a empresa de Internet passa a ter seus equipamentos nas duas costas dos Estados Unidos. Isso significa menor latência para os usuários da costa leste, cujos tweets tinham que atravessar o país (em cabos de fibra ótica, evidentemente) para chegar aos computadores do microblog.

Segundo a companhia, manter servidores espalhados pelo país é importante porque garante descentralização e acesso mais rápido dos dados. Tanto a Apple como o Facebook adotam a mesma estratégia.

Via Data Center Knowledge

 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares