Jogos de ação

16/09/2011 16h04 - Atualizado em 16/09/2011 16h04

Valve não está interessada em desenvolver games para portáteis

Arthur Figueiredo
por
Para o TechTudo

A Valve, criadora de obras-primas dos games como Half-Life, Portal e Counter-Strike, estabeleceu uma política de não desenvolver games para portáteis, incluindo 3DS, Vita, smartphones e tablets. Mas o que afastaria uma das maiores empresas da indústria de games de um mercado tão dinâmico quanto o de portáteis, que só ficará mais acirrado nos próximos meses?

Mapas clássicos estão de volta de Counter-Strike: Global Offensive (Foto: Divulgação)Counter-Strike: Global Offensive (Foto: Divulgação)

Chet Faliszek, roteirista da Valve, contou em entrevista sobre o aguardado Counter-Strike: Global Offensive, que fazem games para “pessoas sentadas nos seus sofás ou às suas mesas”, dando a entender que não têm interesse em criar títulos para quem gosta de jogar fora de casa. Aparentemente, não iremos jogar Portal 2 cooperativamente em público tão cedo.

Mesmo sabendo que os portáteis da Nintendo e da Sony, por exemplo, tem recursos gráficos e de jogabilidade capazes de suportar um CS, a palavra da Valve é que “nós ainda não exploramos este espaço”, diz Faliszek. “Este [o mercado de portáteis] simplesmente não é um espaço para o qual nosso motor foi voltado ou otimizado.”

Vale lembrar que muitas séries famosas têm feito sucesso nos portáteis, como Call of Duty, FIFA, God of War, além dos óbvios Super Mario e The Legend of Zelda. Uma empresa de visionários como a Valve seria certamente capaz de criar algo inovador para os videogames de bolso.

Via Kotaku

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Paulo Henrique
    2011-09-16T16:09:44

    Ia ser Legal se botassem pro XBOX ou pro PS3