Fabricantes

06/10/2011 17h39 - Atualizado em 06/10/2011 17h39

AMD apresenta nova família de chips gráficos de 28 nm

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Durante a Fusion 2011, evento onde o fabricante apresenta seus novos produtos e discute suas perspectivas, foram apresentados os novos processadores gráficos baseados na minúscula arquitetura de 28 nanometros. É a tecnologia que deverá substituir a família de chips atuais, de 32 nm.

Chip AMD  (Foto: Divulgação)Chip AMD (Foto: Divulgação)

As novas unidades foram apresentadas nesta quarta (5), em Taipei, Taiwan. O gerente geral da divisão de gráficos da AMD, Matt Skynner disse que as novas unidades oferecerão a melhor experiência visual possível. Matt demonstrou o funcionamento de um dos chips na versão para notebooks ao jogar por duas horas Dragon Age 2, da Bioware, sem qualquer tipo de problema.

Contudo, a AMD não divulgou quando as novas Radeon serão impressas com os novos chips e também não há previsão de chegada no mercado. Silêncio também sobre questões que interessam os consumidores reais, como nível de consumo de energia dos novos chips. Em relação ao aquecimento, é normal que as informações cheguem conforme os fabricantes das placas comecem a desenvolvê-las.

De qualquer forma, Skynner comemora o desempenho do setor gráfico da AMD: “nossa chegada a arquitetura de 28nm, junto com outras inovações de em nossa arquitetura de chips gráficos, já está gerando entusiasmo nos fabricantes de Taiwan”. Skynner pode estar se referindo a Asus, XFX e tantas outras companhias que, se não de Taipei, são das redondezas.

Já a arqui-rival Nvidia ainda não mostrou seus novos chips gráficos de 28 nm, cognominados Kepler, que deverão integrar a família das Geforce 600. Rumores no mercado, no entanto, apostavam que as duas companhias seriam capazes de enviar ao mercado suas novas arquiteturas visando as compras de fim de ano, algo que parece cada vez mais improvável.

Via: MuyComputer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares