Jogos de corrida

02/10/2011 09h10 - Atualizado em 02/10/2011 09h10

Jogos de Fórmula 1 que marcaram a história

Flavio Barboni
por
Para o TechTudo

Jogos de Fórmula 1 se confundem com a própria história dos games. Como categoria mais popular do automobilismo, a F1 serviu de inspiração para desenvolvedores no mundo inteiro definirem as mecânicas de competição e jogabilidade que conhecemos até hoje como um dos mais populares gêneros do mundo: os jogos de corrida. É claro que este artigo não tem a menor pretensão de falar sobre todos os jogos de Fórmula 1 já lançados, pois isso é tema fácil para um livro exclusivo sobre o assunto, o privilégio foi de alguns que ganharam mais destaque. 

F1 2010 (Foto: Divulgação)F1 2010 (Foto: Divulgação)

Na pré-história… 

F1, da Namco, foi o sinal verde da categoria no mundo interativo. Lançado em 1976, o game contava com um gabinete com volante, ao estilo Night Driver, o primeiro jogo de corrida da história, lançado pela Atari apenas alguns meses antes. O título ficou eternizado em uma cena do clássico filme de terror Despertar dos Mortos (1978), de George A. Romero. 

No final da década das discotecas – e dos zumbis –, a Sega resolveu entrar na corrida com Monaco GP para arcades e, honrando a tradição do grande prêmio monegasco cravou seu nome para sempre na história dos games de Fórmula 1 (e de corrida). O game recebeu uma sequência, Pro Monaco GP, foi portado para o SG-1000 nos anos 80, um console antigo da Sega que serviria de base para o popular Master System

 

O rei de Mônaco 

O grande momento da série seria o saudoso Super Monaco GP, lançado para o Arcade e Mega Drive, que traziam um sistema de pilotagem robusto, visual bem acabado, um modo carreira memorável e, o melhor de tudo: a visão interna do cockpit.

Como o game não era licenciado, todos os nomes de pilotos, equipes, motores e grandes prêmios era genérico, como A. Picos (provável equivalente de Nelson Piquet) e o imbatível G. Ceara (Ayrton Senna), que é contratado por uma das equipes durante a temporada e se torna o rival a ser batido. Fazer isso é tão difícil, que diversos tutoriais na internet oferecem estratégias para vencer o maior de todos. 

 

O “maior de todos”, que também atende pelo nome de Ayrton Senna, fatalmente se tornou o protagonista, garoto-propaganda e consultor da Sega na sequência do game de corrida, lançada para os consoles da empresa em 1992. Ayrton Senna’s Super Monaco GP II contava com pistas mais reais e foi um dos trunfos dos anos 90, a melhor e mais variada década no lançamento de jogos de Fórmula 1, com títulos que carregavam nomes de pilotos como Nigel Mansell, Michael Andretti e, até os japoneses Satoru Nakajima e Aguri Suzuki.

Mas o grande lançamento baseado no circo mundial naquela década não tinha o nome de nenhum piloto e sim do programador britânico Geoff Crammond.

Tênue linha entre realidade e simulação 

F1GP (Foto: Divulgação)F1GP (Foto: Divulgação)

World Circuit Formula One Grand Prix (F1GP) trazia a temporada completa de 1992 licenciada, com pilotos, circuitos, equipes e motores oficiais. O grande trunfo do título, porém, era o perfeccionismo de Crammond, um bacharel em física obcecado em trazer o realismo e os detalhes da F1 para as telas do PC. Estava dada a largada a disputa de simuladores da categoria que, até hoje, regem os principais jogos do circo da Formula 1

O jogo da extinta MicroProse gerou spin-offs estilo manager de F1 e sequências, inclusive, o melhor jogo da categoria em todos os tempos – ao menos na opinião deste humilde autor que vos fala – pertence a série: Grand Prix 2 (GP2), baseado na temporada de 1994, marcada pelos acidentes que vitimaram Ayrton Senna e Roland Ratzenberger em Ímola. GP3 (2002) e GP4 (2004) fecharam a série, ao menos por enquanto, contando inclusive com atualizações anuais em cada nova temporada da Formula 1

A devoção à série Gran Prix é tão grande que já é possível jogar com Sebastian Vettel em GP4 (Foto: Divulgação)A devoção à série Gran Prix é tão grande que já é possível jogar com Sebastian Vettel em GP4 (Foto: Alpha Simuladores Net )

Duelo de gigantes 

A década de 90 também marcou a disputa entre Nintendo 64 e PlayStation pela supremacia e o coração dos jogadores. O duelo também foi para as pistas e ambos os games contaram com seus títulos exclusivos de F1.  

Formula One World Championship (Foto: Divulgação)Formula One World Championship (Divulgação)

No console da Nintendo dois cartuchos baseados na categoria foram especiais: F1 Pole Position, um título estilão arcade e não-licenciado que testava a potência dos 64-bits, e F-1 World Grand Prix, primando pela simulação e que usou tão bem a licença da FOA (Formula One Administration), FOCA (Formula One Constructors’ Association) e FISA (Fédération Internationale du Sport Automobile), que usava até a mesma identidade visual das transmissões para aumentar o realismo. 

Já o sistema da Sony contava com a série Formula One, produzido pela Psygnosis. A preocupação não se focava somente na simulação da temporada completa, mas oferecia modos mais arcade nos games da série, para quem só estava a fim de curtir a sensação de pilotar um carro de F1, sem atenção à mecânica e ao rendimento técnico dos bólidos.  

A desenvolvedora britânica se saiu tão bem que foi incorporada pela Sony, virou SCE Studio Liverpool, e continuou trabalhando em jogos de F1 para a família PlayStation inclusive na época em que a fabricante japonesa detinha os direitos exclusivos da categoria. 

Retorno às origens 

A Papyrus sempre foi uma produtora tradicional em jogos de corrida para PC (IndyCar Racing e Nascar Racing), mas nunca havia se aventurado em categorias do automobilismo fora dos EUA. Sua estréia, porém, certamente cravou o nome da empresa na história da F1 com Grand Prix Legends. Como o nome sugere, o game não era simplesmente baseado na categoria, mas em uma temporada clássica dela, 1967. 

Naquele ano disputaram o campeonato pilotos lendários como Jim Clark, Jack Brabham, Graham Hill, Jochen Rindt e Jacky Ickx. O jogo permitia, além de dividir as pistas históricas de Mônaco, Nurbugring, Silverstone e outras, pilotar clássicos das equipes Lotus, Ferrari e BRM. Enfim, tudo estava lá, nos mínimos e simulados detalhes, o que significa que controlar um dos carros era tarefa para poucos e bravos pilotos virtuais.  

Grand Prix Legends é uma reconstituição da temporada de 1967, uma das mais perigosas da história (Foto: Divulgação)Grand Prix Legends é uma reconstituição da temporada de 1967, uma das mais perigosas da história (Foto: Divulgação)

Até hoje Grand Prix Legends é cultuado pelo mundo, com atualizações, novas variações de pistas e fãs apaixonados. Infelizmente a falência da Papyrus deixou só a esperança de novos games trazendo outras temporadas clássicas, como 1989, por exemplo… 

Fim do multiplataforma 

Na virada do milênio, a EA era a maior desenvolvedora do mundo e, nunca tinha dado muita atenção a jogos de F1 até então. Em 1999 a empresa adquiriu as licenças necessárias e entrou no circo com F1 2000, um dos raros jogos da categoria lançados antes da temporada começar.  

Este foi o primeiro de uma série de games da EA Sports baseado na categoria, os próximos foram F1 Manager, F1 Championship Season 2000, F1 2001, F1 2002 e F1 Challenge 99-02, este último incluía um modo carreira robusto, com testes de equipes, salários e glamour dos circuitos, o que acabou se tornando um padrão nos futuros títulos da Fórmula 1

F1 Challenge possui mods e atualizações pela internet e até campeonatos virtuais, como o realizado pela Liga Brasil de Fórmula 1 (Foto: Zerox3)F1 Challenge possui mods e atualizações pela internet e até campeonatos virtuais, como o realizado pela Liga Brasil de Fórmula 1 (Foto: Zerox3)

Esses foram os últimos games oficiais multiplataforma da F1, antes da exclusividade da Sony, que perdurou entre 2003 e 2007, resultando em seis lançamentos para PlayStation 2 e 3, além do PSP. Os jogos eram competentes, mas falhas na Inteligência Artificial (IA) comprometiam o realismo e geravam situações inusitadas, como é possível conferir no video abaixo. De qualquer forma, a década foi marcada pelo completo domínio dos simuladores baseados na categoria. 

Realismo extremo

 A busca por simular as emoções e dificuldades da vida de um piloto sempre foi uma veia vital da Codemasters em jogos de corrida. Quem jogou as séries Colin McRae, Dirt, TOCA Touring Car e Grid já conhece o perfeccionismo da produtora britânica. Quando assumiu as rédeas da licença da Fórmula 1, em 2008, todo o conhecimento aplicado a carros de rali e GT, além da famosa engine EGO para produzir os jogos mais realistas baseados na categoria. 

F1 2009 foi o primeiro da leva e marcou o retorno da competição automobilística mais famosa do mundo ao multiplataforma, sendo lançado para Nintendo Wii e PSP. Claro que, devido a capacidade gráfica de ambas as plataformas o jogo ainda não serviu para mostrar o potencial da desenvolvedora. Mas o lançamento de F1 2010 para PC, PS3 e Xbox 360 foi o suficiente para fazer os fãs do automobilismo e dos simuladores de corrida esquecerem completamente os títulos do passado. E é provável que os jogos devem ser cada vez melhores, é só conferir o vídeo abaixo para entender! 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Marco Ribeiro
    2015-05-28T16:43:57

    Sem qualquer sombra de duvidas, o melhor jogo e GP4, e EA games, tem muito que aprender com este jogo, não o troco ainda por qualquer jogo de F1, e estamos falando de um jogo de 2002.

  • ADEMIR PEREIRA
    2011-10-03T01:03:33

    Muito bom relembrar todos esses jogos, joguei quase todos GP2 então ne se fala, mas pecou feio ao esquecer de Nigel Mansel do Super Nintendo e do aclamado rFactor atual, o melhor de todos os tempos.

  • Luiz Cassimiro
    2011-10-03T09:01:29

    Jogava muito o F1 96 do PS1... Era bom d+ a trilha sonora!

  • Lacyr Souza
    2011-10-03T07:37:47

    oi gostaria q me informassem como faço pra jogar esse campeonato de f1

  • Carlos Alves
    2011-10-03T07:12:02

    Pra mim o melhor de todos era o do PSX de 1996, com o mesmo visual das transmissões na TV e Steve Vai e Joe Satriani na trilha sonora. Excelente!!

  • Ivandro Correa
    2011-10-03T00:47:05

    F1 2011 é o melhor até hoje com certeza. Tô fazendo um champ nele, simplesmente fantástico. Poder abrir a asa traseira, usar o Kers, poupar os pneus nos treinos e qualy pra sobrar pra corrida são só algumas das coisas que fazem esse ser o mais fiel a F1 que já vi até hoje. Sem falar dos gráficos, pra quem tem um PC de última geração como o meu confunde com F1 de verdade.

  • THIAGO REIS
    2011-10-03T00:45:09

    O F1GP, primeiro da série do Geoff Crammond, foi baseado na temporada de 1991 e não na de 1992 como redigido na matéria! Atenção...

  • Paulo Rogério
    2011-10-02T23:29:55

    Esqueceram de citar um dos únicos jogos que prestava no Sega Cd, que foi o "Formula One - Beyond the Limit.

  • Jose Junior
    2011-10-02T22:27:25

    Média de Km/h do piloto do Monaco Gp 360Km/h realidade pura!!! kkkkk bons tempos

  • Ale Felix
    2011-10-02T20:47:35

    Vai ser difícil algum jogo superar os níveis de ajustes do GP2.

  • G. Seara
    2011-10-02T16:31:48

    Eu era bom em Super Monaco GP. Quase ninguém ganhava de mim. Só ganhavam quando eu errava. E isso era raro. O cara do vídeo me ganhou da sorte.

  • Enoch Filho
    2011-10-02T15:34:11

    Isso é bom demais! Jogos de Formula 1 são tão bons quanto a própria Formula 1! Faltou vídeo de todos os jogos citados aqui. Por minha tinha todos, seja no PC, emuladores e consoles.

  • George Oliveira
    2011-10-02T14:46:45

    No pc ele estar bem configurado e bem arrojado para disputas.Muito bom...Parabens a EA esportes e interteriment.

  • George Oliveira
    2011-10-02T14:45:02

    Realmete um dos melhores jogos de automobilismo, Não encontrei um adversario a boa altura para me bater no campeonato ou em teste.

  • Gustavo Moura
    2011-10-02T14:34:50

    uns dos melhores sem duvida nenhuma foi o F1 do N 64

  • Sebastião Rangel
    2011-10-02T13:02:48

    Eu já tenho o F1 2011 aki e posso dizer com todas as letas: "É o melhor jogo de f1 já criado!"