Computadores

24/10/2011 12h19 - Atualizado em 24/10/2011 13h30

Onkyo apresenta novo desktop para a linha Slim

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

A Onkyo apresenta mais uma proposta de desktop para usuários domésticos e corporativos. O modelo DS7A-A25 se destaca pelo tamanho compacto, que visa otimizar o espaço das casas e escritórios, além do alto poder de personalização dos seus componentes de hardware.

Modelo DS7A-A25 da Onkyo (Foto: Divulgação)Modelo DS7A-A25 da Onkyo (Foto: Divulgação)

O modelo em formato torre com o tom em cinza pode ser utilizado em qualquer lugar. O desktop lembra os modelos antigos de servidores, que muitas vezes eram utilizados em escritórios para centralizar arquivos de vários computadores. Seu ar minimalista e retrô não é por acaso, já que a tendência atual de alguns desktops é transportar o usuário ao passado, utilizando linhas sóbrias e com pouco chamativo visual.

Outro destaque do DS7A-A25 da Onkyo é a sua venda como um modelo BTO (Build to Order). Em outras palavras, o desktop pode ser vendido sob encomenda, de modo que o modelo passa a ser personalizado de acordo com o gosto e necessidades do cliente, alterando as suas propriedades de hardware e podendo alterar o tipo de processador, placa de vídeo, entre outros recursos técnicos.

A configuração mais básica do desktop conta com um processador Intel Pentium G630T de 2.30 GHz, um chipset Intel H67 Express, placa gráfica Intel HD, 4 GB de memória RAM DDR3, disco rígido de 500 GB, unidade de DVD super multi e sistema operacional Windows 7 Home Premium.

Na sua configuração mais simples, o desktop DS7A-A25 da Onkyo tem preço sugerido de 59,800 ienes (ou US$ 783). Por enquanto, o computador será vendido de forma exclusiva no território japonês, e ainda não possui previsão de sair das terras asiáticas.

Via: TechFresh

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares