Sistemas Operacionais

04/10/2011 19h12 - Atualizado em 04/10/2011 19h17

Tango lançará solução de videochamada para Windows

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

O software de comunicação por vídeo Tango vai receber uma versão para os PCs. O aplicativo é definido como o primeiro serviço de videochamadas para o Windows Phone 7, e se prepara para ampliar o seu campo de atuação entre os dispositivos conectados.

Tango (Foto: Divulgação)Tango chega para o Windows (Foto: Divulgação)

Quando o Tango foi lançado no ano passado, o seu grande atrativo era poder fazer a comunicação por chamadas de vídeo de forma simples e democrática, pois o aplicativo funciona perfeitamente nos sistemas Android e iOS, através de uma conexão Wi-Fi ou pelas redes do celular. Na prática, o Tango é uma alternativa mais versátil do FaceTime da Apple.

Porém, a exclusividade do Tango para smartphones tornou-se um problema. Usuários do sistema relataram o desejo de realizar chamadas para outras plataforma que não o smartphone. Até porque há aqueles que ainda tem dificuldade de lidar com a tecnologia, ou costumam utilizar somente o desktop ou notebook para se comunicar com os familiares por vídeo. Para essas pessoas, os benefícios do aplicativo não se aplicavam.

O co-fundador e CTO do Tango, Eric Setton, disse em entrevista nesta semana: “nós pensamos que poderíamos ignorar a ‘geração PC’, mas não podemos”. Por enquanto, a versão que será lançada é para PCs com Windows. Setton informa que uma versão para Mac está em desenvolvimento, e admitiu que “é crucial que o seu lançamento aconteça em breve”.

Tango (Foto: Reprodução/TechCrunch)Interface do Tango para Windows (Foto: Reprodução/TechCrunch)

O Tango tem mais de 23 milhões de usuários registrados, com pelo menos 35% deles fazendo chamadas regularmente todos os meses. Seu desenvolvedor promete tornar o aplicativo onipresente em todas as plataformas, e Setton informou que tem o desejo de oferecer uma versão baseada na Web. O Tango é compatível com smartphones e tablets com sistema Android e iOS, e estará disponível no Windows no formato de um pequeno ícone na área do relógio.

Quando o usuário receber uma chamada, o sistema vai “tocar” a sua campainha tradicional. O serviço não exige logins, senhas ou nomes de usuários. No lugar disso, o Tango pede os números de seus celulares como identificadores exclusivos. O que acaba sendo engraçado no final das contas, pois falamos de uma empresa que fornece uma alternativa para chamadas de telefone, e agora, sequer exige o uso dos telefones para utilizar o serviço.

Via All Things D

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares