Sistemas Operacionais

04/11/2011 17h32 - Atualizado em 04/11/2011 17h32

Gingerbread desbanca Froyo como Android mais utilizado

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

Um dos problemas apontados por críticos do Android está na fragmentação do sistema. Existem muitas versões disponíveis, cada qual com recursos bastante específicos, ou até, às vezes, a ausência deles. Entretanto, a maioria delas caminha para as edições mais recentes do sistema. Tanto que a página para desenvolvedores do Android.com mostra que o Gingerbread despontou como versão do Android mais utilizada no mundo.

Gráfico de participação das versões do Android atualmente instaladas nos dispositivos ativos com o sistema (Foto: Divulgação)Gráfico de participação das versões do Android atualmente instaladas nos dispositivos ativos com o sistema (Foto: Divulgação)

Voltado para smartphones, especificamente, o Gingerbread já pode ser encontrado em 44.4% de todos os aparelhos que rodam Android. Entre as vantagens de adotá-lo está a interface visual mais moderna e o suporte à tecnologia NFC.

Em segundo lugar aparece o Froyo, versão anterior do sistema. O Android 2.2.x ainda tem uma participação expressiva no mercado, apesar de estar em decadência. Dos aparelhos rodando o sistema capitaneado pelo Google, 40.7% utilizam essa versão da plataforma. O Froyo foi muito bem recebido como grande passo do Android depois da versão 1.6, mas já ficou para trás em relação ao Gingerbread.

Ainda existe a hipótese de que a fragmentação do Android se mantenha, tendo em vista a quantidade de aparelhos lançados com o sistema. Fica difícil controlar essa abundância de modelos, ao contrário do que ocorre com a Apple e seu iOS, disponível em somente um aparelho; e com o Windows Phone da Microsoft, cujas especificações mínimas de hardware fazem com que ele marque presença em menos aparelhos do que poderia.

Os números do Google ainda mostram o quão insignificante o Honeycomb está ao lado das demais versões do Android. Criado especialmente para tablets, o 'favo de mel' responde por somente 1.1% de todos os aparelhos rodando Android.

Via The Next Web.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares