Internet

17/11/2011 11h50 - Atualizado em 17/11/2011 11h50

Google relança app do Gmail para iPhone e iPad na App Store

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

Há duas semanas, o Google enfim lançou o aplicativo oficial do Gmail para o iOS (o sistema do iPhone, iPod Touch e iPad, da Apple). A promessa era a de uma experiência semelhante à versão do webmail para navegadores, mas com a bem-vinda adição de um sistema de push para avisar de novas mensagens. O problema é que, na ocasião, este e vários outros recursos não funcionaram, e o software foi retirado rapidamente da AppStore. Nesta quarta-feira (16), no entanto, o app foi relançado com todas as falhas consertadas.

Gmail (Foto: Reprodução)Gmail (Foto: Reprodução)

"Infelizmente, ele tinha um problema que impedia alertas e apresentava uma mensagem de erro, então o removemos da App Store. Consertamos o bug e agora as notificações estão funcionando", afirmou o time do Gmail em seu blog oficial.

De fato, agora o aplicativo voltou com a função de push. Mas, por algum motivo, não é possível escolher a forma de notificação no menu de Configurações do iOS (janelas pop-up ou banners, por exemplo). Dessa forma, nada de avisos na tela bloqueada, apesar de haver a opção de se ligar ou desligar essa função. A única indicação da chegada de um novo email é um aviso sonoro, ou pelo número de mensagens não-lidas no ícone do app.

De qualquer forma, o Google afirma ter recebido muitos comentários e pedidos durante o pouco tempo no qual o programa ficou disponível da primeira vez (os que baixaram na época puderam continuar com ele funcionando normalmente, embora sem o push). A empresa prometeu atender a demanda, incluindo novidades em futuras atualizações - como suporte a múltiplas contas e personalizações, como notificações melhoradas e assinaturas específicas para a versão mobile do webmail.

Gmail para iOS (Foto: Reprodução)Gmail para iOS (Foto: Reprodução)

"Estamos apenas começando a mexer no app Gmail para iOS, e vamos correr para trazer mais recursos", disse a equipe da ferramenta de e-mails. "Baseado em seus comentários, já melhoramos nossa maneira de lidar com imagens HTML nas mensagens - agora elas são redimensionadas para se encaixar à tela e podem ser aproximadas com o movimento de pinça nos dedos", completa.

Por enquanto, o app não consegue substituir nem a versão web, disponível pelo Safari (ou qualquer outro navegador), nem o e-mail nativo do iOS. No primeiro, já é possível editar assinaturas específicas e gerenciar mais de uma conta, embora não possua recurso de push ou forma de anexar arquivos. O aplicativo da Apple, por sua vez, até consegue fazer as notificações e incluir anexos, mas ainda sofre pela falta de versatilidade em não poder utilizar os labels.

Se você estiver interessado, vale baixá-lo como curiosidade ou esperança de melhorias prometidas, afinal, é gratuito. O Gmail só funciona com sistemas iOS 4.0 ou acima, e caso você já tenha baixado a primeira versão do aplicativo, é indicado você deslogar ou simplesmente desinstalá-lo e baixá-lo de novo, em vez de aplicar uma atualização.

Via Gmail Blog.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Henrique Aleixo
    2011-11-17T16:34:03

    a maior vantagem de usar esse app é poder contar com a sua lista de contatos do Gmail. No mail nativo do iphone só é possível utilizar os contatos que estão no iphone. :P