Sistemas Operacionais

08/11/2011 19h40 - Atualizado em 09/11/2011 11h12

Nova SDK do Kinect inclui suporte ao Windows 8

Rafael Silva
por
Do Tecnoblog

Em outubro de 2011, a Microsoft liberou uma versão da SDK para o Kinect que continha ferramentas para que desenvolvedores criassem aplicativos para o Windows com o sensor. O objetivo da empresa com isso é fazer com que ele seja adotado em mais campos além de jogos com o Xbox 360, principalmente em empresas. Nesta terça-feira, 8 de novembro, a ferramenta foi atualizada e ganhou mais funcionalidades.

Novas maneiras de utilizar o Kinect (Foto: Divulgação)Novas maneiras de utilizar o Kinect (Foto: Divulgação)

Dentre as novidades a nova SDK inclui melhorias no rastreamento de pessoas (ficou mais rápida, mais precisa e agora suporta também processadores com mais de um núcleo), suporte ao uso de um sensor para rastreamento quando dois sensores Kinect forem usados ao mesmo tempo, suporte a criação de aplicativos em 64 bits e um novo conjunto de bibliotecas de demonstração de áudio, chamado KinectAudioDemo.

Além disso a nova versão do kit de desenvolvimento também vem com suporte à prévia do Windows 8 liberado para desenvolvedores há alguns meses. O suporte ao Windows 8 já havia sido especulado no passado e em agosto a empresa confirmou que ele teria suporte a uma “plataforma de interação humana”, sem citar o Kinect. Agora o kit permite que sejam criados aplicativos específicos para tirar vantagem desse sistema e confirma qual é essa dita plataforma de vez.

A Microsoft viu o potencial do Kinect além do Xbox quando inúmeros pesquisadores, cientistas e modders em geral criaram inúmeros hacks para o sensor assim que ele apareceu no mercado. Para participar do desenvolvimento de aplicativos indivíduos devem requisitar uma licença especial gratuita à Microsoft e empresas devem esperar pela SDK paga que será liberada no começo do ano que vem.

Via: ZDNet

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares