02/12/2011 19h12 - Atualizado em 09/12/2011 18h29

Bridgestone apresenta pneu que não precisa de ar na Tokyo Motor Show

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

A Bridgestone criou um pneu que não fura porque simplesmente dispensa o uso de ar. O protótipo foi apresentado na Tokyo Motor Show, famoso salão de automóveis realizado no Japão. Embora o conceito de pneus “sólidos” de borracha não seja propriamente novo, a ideia da fabricante é amadurecer a proposta para trazê-la para o mercado de carros. Atualmente, pneus deste tipo são usados em máquinas pesadas e em alguns tipos de veículos militares.

Conceito de pneu da Bridgestone (Foto: Divulgação)Conceito de pneu da Bridgestone (Foto: Divulgação)

O novo pneu da Bridgestone é construído com uma rede de raios que partem do aro do pneu até a camada de borracha que terá contato com o solo. Estes raios são feitos com uma resina especial produzida com plástico reciclado, que suporta bem a tensão oferecida pelo peso depositado no pneu.

O conceito é semelhante ao metal utilizado nos pneus convencionais, que formam um tipo de “esqueleto” sobre o qual a borracha é moldada. A rede de raios é que divide o peso, evitando que haja estresse e deformação excessiva. Os modelos apresentados têm apenas 22 cm de diâmetro, mas foram testados com sucesso em pequenos veículos elétricos para idosos.

Como eles independem de ar com pressão em seu interior, eventuais furos na banda de rodagem são irrelevantes. A Bridgestone ainda informa que os pneus são totalmente recicláveis. Por isso, se um dia chegarem aos automóveis, você poderá usar o mesmo jogo por toda a vida, apenas trocando a banda de rodagem conforme ela sofrer desgaste em virtude do atrito com o solo.


Via Cnet

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Klaus Röthig
    2011-12-07T14:27:01

    Grande coisa! O conceito já existe, no mínimo, desde 1938! Depois disso os fabricantes de pneus, como o Tweel da Michelin, por exemplo, só foram dando nova roupagem. Esse agora é só mais um. Eles devem absorver bem os impactos verticais, mas talvez deixem a desejar com os laterais. Imagino também que possa haver problemas em caso de paradas prolongadas, que talvez deformem o pneu.

  • rafael mendonça
    2011-12-06T20:07:53

    Nas estradas esburacadas brasileiras este pneu conceito vai virar farelo, ao invés de furar!

  • Edson Dallarosa
    2011-12-06T13:13:41

    Na vdd eles ainda serão uteis pois alguém vai ter q repor rodas e pneus novos, por mais ruim q seja terão q acompanhar a evolução de alguma forma

  • Wesly Lopes
    2011-12-06T01:34:00

    Se acabar os borracheiros o mercado pornografico irá a falencia.....

  • Ronaldo Bacha
    2011-12-04T12:25:58

    O borracheiro vai perder o ganha pão.