Fabricantes

21/12/2011 12h02 - Atualizado em 21/12/2011 12h02

IBM acredita em casas e cidades alimentadas pela energia gerada pelas pessoas

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

A IBM divulgou alguns insights e iniciativas da companhia para o futuro da tecnologia no prazo de cinco anos. Um deles é a noção de que no futuro próximo nossas casas e cidades buscarão a energia elétrica nas nossas interações com o mundo. Através da energia cinética de um passeio de bicicleta você pode carregar baterias de seus equipamentos, ou de um exercício na ergométrica, ou pelo simples ato de caminhar entre os cômodos gerar energia para sua casa.

ibmIBM projeta o futuro das casas (Foto: Reprodução)

A ideia é aproveitar a energia cinética (termo que se refere à energia do movimento) que nós gastamos a todos os instantes e aproveitá-la como energia elétrica. O princípio é o mesmo que está por trás da água que move turbinas em uma hidrelétrica, ou de sistemas cinéticos que recuperam a energia de cada frenagem nos automóveis. O desafio da IBM é refinar esta tecnologia para coloca-la nas casas e cidades.

A ideia transcende a sua casa e pode ser estendida para as cidades. Reaproveitar a energia cinética de cada veículo em movimento numa grande cidade pode significar uma capacidade de produção elétrica bem interessante. Este reaproveitamento aliado com outras formas amigáveis de geração como painéis solares, pode conduzir o mundo a um futuro mais limpo.

Além do reaproveitamento da energia cinética, a IBM também vê como promissora a ideia de aproveitar o calor que nossos equipamentos dissipam no ar para criar eletricidade. Por exemplo, com o calor que o seu computador exala em funcionamento seria possível gerar energia elétrica para sua casa. Caso o projeto dê resultados neste curto prazo de cinco anos, você pode comemorar o fato de não precisar mais pagar a conta de luz no fim do mês.

Via Softpedia

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares