Jogos de RPG

16/12/2011 16h49 - Atualizado em 19/03/2012 15h34

Produtora de Final Fantasy tem servidores invadidos por hackers

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

Para muitas empresas de games, 2011 foi um ano marcado por dificuldades em termos de redes online. O pior dos casos, com a Sony, fez com que a PlayStation Network ficasse offline durante semanas, enquanto outras também foram atingidas, como BioWare e Codemasters. Agora é a vez da Square Enix, casa de séries como Final Fantasy e Dragon Quest, ser atingida por hackers.

Square Enix sofre nas mãos de hackers (Foto: Divulgação)Square Enix sofre nas mãos de hackers (Foto: Divulgação)

Em nota oficial, a companhia esclareceu que detectou uma invasão em um de seus servidores com dados pessoais de usuários registrados nos Estados Unidos e Japão. Mas, aparentemente, tais dados se limitavam a informações como e-mail e senhas, nada de números de cartão de crédito ou outras informações financeiras.

“Não há a possibilidade de que qualquer informação de cartão de crédito tenha vazada neste incidente, já que o servidor em questão não armazena qualquer informação deste tipo”, disse a companhia, em seu comunicado.

Ainda segundo a Square Enix, cerca de 1,8 milhão de contas foram comprometidas, todas elas registradas no website Square Enix Members, onde fãs e consumidores da companhia registram seus jogos comprados e outros dados, principalmente para ganhar bônus, brindes e outros benefícios. Em estimativa divulgada pela rede de televisão japonesa NHK, esta comunidade possui 2,1 milhões de usuários ativos.

A Square Enix garante que trabalha para que o incidente não cause problemas a seus consumidores e promete reforçar sua segurança online nos próximos dias. Por ora, não é possível registrar qualquer informação no site Square Enix Members.

Via Andriasang

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares