Internet

06/12/2011 12h40 - Atualizado em 06/12/2011 12h40

Square Enix anuncia o game social Final Fantasy Brigade

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

Após atacar com Final Fantasy em todas as plataformas possíveis e imagináveis, a produtora Square Enix anunciou a mais nova versão de sua série de RPGs, mas de uma forma totalmente diferente. Final Fantasy Brigade é um novo game social baseado na popular saga, que deve ter diversas referências a personagens marcantes e outros pontos característicos. 

Visual de Final Fantasy Brigade promete ser "fofinho" (Foto: Reprodução)Visual de Final Fantasy Brigade promete ser "fofinho" (Foto: Reprodução)

A novidade foi revelada por Yoichi Wada, Diretor da Square Enix, em conferência para a imprensa no Japão. Aparentemente, é trata-se de um jogo com batalhas entre pequenos exércitos – ou brigadas, como diz o nome – que vai unir e também criar conflitos entre possíveis jogadores. O game chega primeira em redes sociais exclusivas do Japão, mas é provável que ele seja lançado dentro de alguns meses no Facebook para fãs ocidentais. 

Como Wada explicou durante a apresentação, os jogadores poderão lutar contra amigos e viajar em um gigantesco cenário, típico dos games da série Final Fantasy. Os personagens poderão aprender diferentes habilidades, conseguir os “empregos” (nome que se dá para as classes de heróis da série), participar de batalhas entre naves voadoras, invocar criaturas familiares (Infrit, Shiva, Bahamut, etc), entre outros. 

As batalhas devem ser tradicionais, com um plano em 2D e em turnos. O visual do jogo, porém, passa longe do realista. Os personagens são “fofinhos” e possuem aparência bastante simpática, lembrando o título de Nintendo 3DS - Theatrythm Final Fantasy. Jogadores japoneses já vão poder testar a novidade ainda este mês. 

Via Eurogamer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares