14/01/2012 09h05 - Atualizado em 14/01/2012 09h05

BBB, No Limite e outros games baseados em reality shows

Flavio Barboni
por
Para o TechTudo

Os games imitam a vida e a vida real começou a imitar os games com a invenção dos reality shows. Este gênero televisivo mostra pessoas do mundo real – em vez de atores – vivenciando situações limite, exatamente como nos jogos eletrônicos. Com o sucesso explosivo dos programas de realidade na TV, não demorou para as adaptações começarem a pipocar em todas as plataformas. E aproveitando o embalo do Big Brother Brasil 12, o TechTudo reuniu dez jogos baseados em alguns dos reality shows mais famosos do mundo.

No Limite; Desenvolvedora Continuum; Plataforma PC, 2002.

No Limite (Foto: Divulgação)No Limite (Foto: Divulgação)

O primeiro reality show da TV brasileira, No Limite, foi baseado no programa americano Survivor. Doze pessoas comuns isoladas em um cenário paradisíaco, brigando por um prêmio milionário. Ingredientes ideais para um game, que foi realizado em 2001 pela desenvolvedora paranaense Continuum, também responsável pelo aclamado Outlive. Para jogar, bastava escolher um dos participantes e encarar as duras provas do programa. Parecia promissor, mas não teve a mesma popularidade do reality show.

Big Brother Brasil; Desenvolvedora Continuum; Plataforma PC, 2003.

Big Brother Brasil (Foto: Divulgação)Big Brother Brasil (Foto: Divulgação)

Além de fazer o game oficial de No Limite, a Continuum também foi responsável pelo lançamento de Big Brother Brasil. Baseado em The Sims, o título trocava o ambiente da rotina do simulador da EA pelo dia a dia dos participantes do programa. E depois de mais uma década de BBB já possível saber o que esperar: fofocas, panelinhas, traições e todo o tipo de confusão que pode acontecer quando uma dúzia de seres humanos é confinada em uma casa. Uma pena o jogo em si não ser tão bom assim.
Meu Big Brother
; Plataforma Celulares, 2005.

Meu Big Brother (Foto: Wikimedia)Meu Big Brother (Foto: Reprodução)

Meu Big Brother é o game baseado no reality show que te permite “cuidar” de um participante da casa. Lembra dos Tamagochis? A estrutura do jogo é bem parecida, com a diferença de que, em vez de dinossauros, é preciso garantir que seu BBB de estimação se saia bem no reality.

Entre as demandas estão alimentar, cuidar da higiene, diversão, humor e até da disciplina na casa. Você precisa cuidar que seu BBB se saia bem em provas de  perguntas e respostas e votar com cuidados nos paredões virtuais. O game tem gráficos bem simples, mas uma estrutura bem divertida. Vale a pena conferir. Para conhecer mais sobre o jogo, acesse!

Big Brother Brasil 3D Online; Desenvolvedora Green Land Studios; Plataforma PC, 2010.

Big Brother Brasil 3D On-line (Foto: TechTudo)Big Brother Brasil 3D On-line (Foto: TechTudo)

O sucesso do BBB é tão estrondoso que, em 2010, um novo game baseado no programa foi lançado. Desta vez, além da inspiração nos simuladores de vida, BBB 3D On-line bebeu da fonte dos MMOGs (jogos online para múltiplos participantes). Para entrar na casa mais famosa do Brasil, basta criar seu brother ou sister e se unir a outros 11 jogadores reais em um ambiente livre.

Dá para participar das provas, viver romances, complôs e fugir dos paredões. A apresentação geral de BBB 3D Online deixa muito a desejar, mas vale a pena experimentar um dia na vida de um participante do BBB, pelo menos nas telas do PC. Acesse e conheça 

World’s Scariest Police Chases; Desenvolvedora Activision; Plataforma PlayStation One, 2001.

No embalo do sucesso de Driver, vários games começaram a aparecer com a mesma premissa de misturar liberdade e direção perigosa. Em World’s Scariest Police Chases, baseado na famosa série de TV americana, o jogador encarna um tira e deve perseguir criminosos e lunáticos em dias de fúria, que pegam as chaves do carro e aceleram pelas highways como se não houvesse amanhã.

No programa, casos reais são narrados pelo xerife Bunnell, que também estrela o game, mas dessa vez relatando fatos fictícios. Um diferencial do título é a possibilidade das missões serem completadas em dois jogadores, um deles controlando o carro e o outro atirando nos meliantes.


Surfínia
; Desenvolvedora Webcore; Plataforma PC, 2011.

Surfínia (Foto: Divulgação)Surfínia (Foto: Divulgação)

Além de ter reunido um monte de gente que estava sumida há tempos, o reality show Nas Ondas de Itacaré (exibido no Verão Espetacular) também inspirou a criação de Surfínia. Só que, diferente do programa, cujo episódio final foi transmitido em 31 de dezembro de 2011, o game se foca em oferecer ao jogador a oportunidade de surfar em seis praias da cidade baiana que sediou o reality. O melhor é de Surfínia é ser gratuito e jogado na própria página oficial; o ruim é que só estará disponível até março de 2012. Acesse.

Survivor; Desenvolvedora Infogrames; Plataforma PC, 2001.

Survivor (Foto: GameSpy)Survivor (Foto: GameSpy)

A versão americana de No Limite também fez estrondoso sucesso. Survivor é exibido até hoje pela televisão dos Estados Unidos e está em sua 24ª  temporada. Em 2001, no auge dos reality shows, a Infogrames se encarregou de realizar uma atrocidade baseada no programa. Duramente criticado, o jogo para PC se baseava no sistema point and click, em que o jogador controla o personagem com o mouse e clica para executar as ações. Uma escolha não muito adequada, considerando que o programa exige dinamismo e rapidez pela sobrevivência.

American Idol; Desenvolvedora Mobius Entertainment; Plataforma PlayStation 2, 2003.

Quem participa do programa norte-americano American Idol pretende cantar e apresentar ao mundo da música seu talento e voz. É de se esperar que um game baseado nesse reality show também incentive os jogadores a cantar, correto? Errado.

Controlando um dos participantes do programa, é preciso a acertar as sequências e movimentos que aparecem na tela e assim obter êxito na cantoria. É importante saber que este foi um dos últimos lançamentos da Mobius, que depois foi comprada pela poderosa Rockstar e se tornou Rockstar Leeds. Já American Idol foi parar nas mãos da Konami, que se baseou em Karaoke Revolution para criar games melhores.


Deadliest Catch: Alaskan Storm
; Desenvolvedora Liquid Dragon Studios; Plataforma PC e Xbox 360, 2008.

Deadliest Catch: Alaskan Storm (Foto: Divulgação)Deadliest Catch: Alaskan Storm (Foto: Divulgação)

O programa Pesca Mortal, do canal pago Discovery Channel, retrata o drama real de pescadores em busca de caranguejos no Mar de Bering, próximo ao estado americano do Alaska. Baseado no reality show, Deadliest Catch: Alaskan Storm é um simulador estratégico, que envolve a administração completa de um barco de pesca, indo da liderança com tripulantes ao controle de recursos, suprimentos e rotas. Para quem gosta do programa ou de pesca, vale conhecer.

Iron Chef America: Supreme Cuisine; Desenvolvedora Black Lantern Studios; Plataforma: Nintendo DS e Wii, 2008.

Em Iron Chef America: Supreme Cuisine o objetivo é vencer os muitos desafios na cozinha, contra especialistas das mais diversas culinárias do mundo, em uma atmosfera que lembra muito a popular série Cooking Mama. O game é baseado no programa de mesmo nome, que é apresentado pelo astro das artes marciais Mark Dacascos, que protagonizou filmes famosos dos anos 1990, como Double Dragon, Esporte Sangrento e As Lágrimas do Guerreiro.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Adriana Sousa
    2012-01-15T00:40:10

    Meu Deus não faltava mais nada, o bbb já passou dos limites do bom senso e como um jogo, o que teria pra jogar, simulação de briga, sexo e apelação? pq é só o que se vê, ninguém merece, tanta babaquice.

  • Luis Filho
    2012-01-14T13:00:02

    Falaram das porcarias de jogos de BBB mas não falaram do jogo do Top Chef? #fail

  • Thallys Fernandes
    2012-01-14T10:53:10

    achei legal mas não comssigo jogar