Sistemas Operacionais

30/01/2012 18h43 - Atualizado em 30/01/2012 18h44

Empresa brasileira cria clube de seguros para celulares

Paola Príncipe
por
Para o TechTudo

O Club Pitzi é um serviço online de seguro de celulares, lançado na última quinta-feira (26/01). Todos aqueles reparos cheios de burocracias e demoras que o fabricante ou a garantia estendida não cobrem, o seguro resolve.

Club Pitzi (Foto: Divulgação)Site do Club Pitzi (Foto: Reprodução / The Next Web)

A startup, sediada em São Paulo, tem o objetivo de transformar o modelo tradicional de consertos de celulares que, além de lento, é extremamente caro. Assim, ao comprar um telefone novo, seus usuários tem um prazo de 30 dias para inscrevê-lo no clube. Com isso feito, é cobrada uma taxa de seguro a partir de R$ 5 por mês – o preço varia de acordo com o valor do seu smartphone. Para um iPhone 4S de 16GB, por exemplo, a assinatura sai por R$ 20.

O argumento usado pela empresa pra convencer seus clientes é simples: comprar um novo aparelho custa caro e mandar para assistência técnica é quase tão dispendioso quanto adquirir um novo. E ao contrário das lojas de conserto que estamos acostumados, o Clube Pitzi promete uma entrega muito mais rápida e eficaz.

Como o projeto ainda está numa fase inicial, o serviço está funcionando em beta privado. Para não comprometer a qualidade do serviço, por enquanto o site aceita novos clientes apenas por meio de convites, que só podem ser utilizados por pessoas que tenham residência no estado de São Paulo. Pra receber um convite, basta entrar no site da Pitzi, preencher o campo com o seu endereço de e-mail e clicar em “Pedir um Convite”.

Com a assinatura em dia, quando o aparelho do usuário quebra é preciso entrar no site e declarar o problema detectado. Algum especialista entrará em contato para saber o que aconteceu e encontrar a melhor solução para o caso.

Depois disso, a empresa manda uma caixa de Sedex pré-pago e o usuário faz o envio do celular quebrado. A entrega é prometida em até uma semana, com o aparelho funcionando perfeitamente.


Após o período de teste com a versão beta, a Pitzi pretende lançar em abril o serviço em maior escala. A ideia é expandi-lo para outras cidades brasileiras. Por enquanto, a empresa só aceita celulares comprados no Brasil, mas espera-se que num futuro próximo também possa cobrir os telefones comprados no exterior.

Via The Next Web

O TechTudo apoia o Brasil Sem Vírus, movimento que dissemina práticas de segurança e distribui antivírus gratuitamente. Estima-se que 80% dos brasileiros já estiveram com os computadores ameaçados por vírus e ataques de hackers. Você pode ajudar sua rede de amigos enviando uma vacina para eles. Seja voluntário!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares