Fabricantes

22/02/2012 15h58 - Atualizado em 22/02/2012 15h58

Detalhes do processo de fabricação do iPhone são revelados em programa de TV

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

Uma matéria realizada pela rede de TV norte-americana ABC mostrou os bastidores de uma das fábricas da Foxconn, que produz o iPhone e o iPad da Apple. No vídeo, é possível ver  detalhes curiosos sobre como os principais produtos da empresa de Cupertino são fabricados.

Matéria da ABC mostra detalhes da fábrica da Foxconn, que produz os dispositivos Apple (Foto: Reprodução/YouTube)Matéria da ABC mostra detalhes da fábrica da Foxconn, que produz os dispositivos Apple (Foto: Reprodução/YouTube)

A matéria gerou controvérsia entre os fãs e críticos da Apple. Muitos questionaram como a ABC conseguiu tal acesso “privilegiado” às dependências da fábrica da Foxconn e quais seriam os objetivos da empresa ao liberar os seus corredores, revelando as características de fabricação dos produtos mais cobiçados do mercado.

De qualquer forma, algumas informações são surpreendentes. Grande parte do processo de montagem do iPhone é feito à mão, por uma equipe de trabalhadores que não para de crescer. Para construir um iPhone, são necessários 141 estágios, desde o início da produção das peças, até a embalagem e o despacho do produto. E a demanda nas fábricas da Foxconn é enorme, o que levanta novamente a discussão sobre o tempo e as condições de trabalho dos funcionários.

Quanto ao iPad, cada tablet leva cinco dias para ser construído e mais de 300 mãos se envolvem no projeto. O módulo de câmera do iPad é produzido 24 horas por dia, com seus responsáveis se revezando em turnos de 12 horas, o que resulta em uma produção de mais de 300 mil módulos por dia. O treinamento dos funcionários envolvidos no processo leva vários dias antes deles serem enviados para a linha de produção.

As condições de trabalho dos funcionários da Foxconn também foi abordada na matéria da ABC. O salário médio de um trabalhador envolvido na linha de montagem de um produto da Apple é o equivalente a US$ 1.78 por hora, e os trabalhadores pagam o equivalente a US$ 17,50 por mês, para ficar em um dormitório da empresa, dormindo entre 6 e 8 horas. As refeições não estão inclusas e custam cerca de US$ 0,70 para cada turno de trabalho. Os trabalhadores recebem uma pausa de duas horas para alimentação, mas muitos deles utilizam esse intervalo para dormir.

Também foram registradas as redes de prevenção ao suicídio que a Foxconn instalou em 2010. Segundo a matéria, a Apple solicitou inspeções junto a FLA (Fair Labor Association), e exigiu um aumento de salário para os casais de trabalhadores. Louis Woo, executivo da Foxconn, afirmou que a empresa não tem problemas com a reivindicação, embora tenha aumentado os salários recentemente.

Alguns argumentam que a Apple deveria assumir mais responsabilidades pelas condições de trabalho dos funcionários da Foxconn, uma vez que eles trabalham de forma incansável para garantir a demanda de produtos da empresa. Assista ao vídeo abaixo.

 

Via SlashGear

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lorenzo Hollenbach
    2012-02-22T20:39:32

    Mas as pessoas tem que ver que não é só a apple que explora mão de obra barata, tanto como a samsung muitas explorão o custo é muito baixo

  • Gustavo Herrero
    2012-02-22T16:57:17

    Eu sou muito fan da apple e dos seus produtos , mas isso ai é muita exploraçao , pena que os grandes nao veem isso :/