Sistemas Operacionais

23/02/2012 15h17 - Atualizado em 23/02/2012 15h17

Google adiciona busca inteligente de voos ao celular

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

Nesta semana o Google integrou sua busca inteligente por voos ao serviço de pesquisa móvel, feito em aparelhos com iOS e Android. Também conhecido como 'Flight Search', o serviço já estava disponível no site de buscas oficialmente desde 2011.

Flight Search do Google no smartphone (Foto: Reprodução/Inside Search)Flight Search do Google no smartphone (Foto:
Reprodução/Inside Search)

No celular, o recurso apresenta um bom funcionamento, revelando informações sobre voos, com direito ao nome da companhia aérea, o horário da viagem e o preço cobrado pelo trecho.

Outra vantagem, dessa vez inerente aos dispositivos móveis, é a identificação da localização geográfica. Caso ativa, ela permite ao Flight Search detectar em que cidade o dono do aparelho se encontra, oferecendo assim um mapa com variados destinos a partir da sua localização.

Existem algumas desvantagens, porém. O Flight Search ainda tem diversas limitações, como a ausência de importantes companhias aéreas dos Estados Unidos. Ele também só registra trajetos dentro dos EUA, o que num primeiro momento pode comprovar a inutilidade da busca inteligente para usuários do Google em outros países, como aqui no Brasil.

O mais importante do Flight Search é a promessa de que, no futuro, a ferramenta estará em outros países e integrada com diversas companhias aéreas, inclusive para voos internacionais. Afinal é esse o objetivo do Google: universalizar o acesso à informação no mundo.

Não é preciso baixar nada para usar o Flight Search. Digite "flight from (Nome da Cidade 1) to (Nome da Cidade 2)" para vê-lo em funcionamento no seu smartphone.

Via Inside Search

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares