Tablet

02/02/2012 19h04 - Atualizado em 02/02/2012 19h04

iPad 3 poderá ter suporte às redes 4G e processador Quad-Core

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

As novas informações sobre o iPad 3 apontam para evolução na conectividade e no processador do tablet da Apple. Segundo o site BGR, o novos códigos do iOS sobre o aparelho contém alguns detalhes sobre o suporte às redes 4G (ou LTE, como são mais conhecidas nos EUA) e a adoção do novo processador Quad-Core A6.

ipadiPad (Foto: Dovulgação)

O grande diferencial do processador A6, além do dobro de núcleos físicos dos A5, são as capacidades gráficas melhoradas. Para que o iPad possa rodar uma tela Retina Display com resolução de 2048 x 1536 pixels, conforme vem sendo ventilado nos rumores do pré-lançamento, uma unidade de processamento gráfico com mais vigor seria imprescindível.

O processador mais forte, com mais núcleos e com processamento gráfico evoluído exigirá também baterias mais capazes. Como é tradição nas pequenas ironias do mundo corporativo, a rival Samsung fabricará os processadores por encomenda para a Apple, que desenha as unidades licenciando a arquitetura da ARM.

Em termos de conectividade, a ideia do 4G não exclui a presença das redes HSPA+ para contemplar países como o Brasil, onde o 4G ainda não está disponível.

As informações sobre o novo iPad ainda não permitiram descobrir se a Apple lançará um tablet completamente novo, usando o nome iPad 3, ou apenas trará ao mercado uma versão remodelada do portátil, sob o nome de iPad 2S.

Via Slashgear

O TechTudo apoia o Brasil Sem Vírus, movimento que dissemina práticas de segurança e distribui antivírus gratuitamente. Estima-se que 80% dos brasileiros já estiveram com os computadores ameaçados por vírus e ataques de hackers. Você pode ajudar sua rede de amigos enviando uma vacina para eles. Seja voluntário!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares