Tablet

27/02/2012 18h38 - Atualizado em 27/02/2012 18h38

RIM libera PlayBook OS 2.0 com dois meses de atraso

Ricardo Fraga
por
Para o TechTudo

Dois meses após o prometido - e quase um ano após o lançamento -, finalmente a RIM (Research in Motion) liberou a atualização 2.0 do PlayBook OS. Dentre as novidades, que estão disponíveis para download e somam mais de 500 MB, há várias correções de bugs e ajustes de interface, além do tão aguardado cliente de e-mail nativo.

BlackBerry Playbook (Foto: Allan Melo/TechTudo)BlackBerry Playbook (Foto: Allan Melo/TechTudo)

Prometido pela empresa para o mês de dezembro de 2011, a versão 2.0 do sistema vem para sanar as reclamações dos usuários do tablet que, desde o início, apontaram algumas questões deficitárias no sistema. A principal delas, sanada com a atualização, era a falta de um sistema nativo de e-mail. Além dessa novidade, o sistema passa a contar com um calendário nativo e um aplicativo de contatos, que permite a integração com redes sociais como Facebook e Twitter. A nova versão também deu ao BlackBerry Bridge o poder de controlar remotamente o tablet por um smartphone BlackBerry.

Desde o seu lançamento, em janeiro de 2011, o PlayBook tem sido uma pedra no sapato da RIM. Em janeiro, o novo CEO da empresa Thorsten Heins afirmou que o projeto continuaria recebendo a atenção da RIM, mesmo com o baixo número de unidades, que tem decepcionado. Um dos principais motivos para o fraco desempenho do PlayBook em número de vendas pode ser explicado pela loja de aplicativos BlackBerry App World, que conta com apenas 60.000 apps disponíveis para download, número quase insignificante se comparado com a App Store da Apple, que conta com 550.000 aplicativos e está na contagem regressiva para o download de número 25 bilhões.

Com a atualização do sistema, a RIM espera dar um novo fôlego ao PlayBook, apesar de os analistas não acreditarem muito nessa virada de jogo.

Via AppleInsider.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares