Internet

16/02/2012 20h16 - Atualizado em 16/02/2012 20h16

Site de busca chinês Baidu chega ao Brasil e quer competir com o Google

Robson Sales
por
Para o TechTudo

“A ideia é disputar diretamente com o Google”, disse o confiante alagoano Wesley Barbosa, de apenas 25 anos, recém-contratado como gerente de negócios da Baidu para a América Latina. Ele esclarece que ainda não há previsão para o lançamento do site de busca em português. A empresa terá um escritório montado na Avenida Paulista, em São Paulo, e deve lançar primeiro uma enciclopédia semelhante ao Wikipédia, entre outros subprodutos.

Wesley Barbosa será o gerente de negócios do Baidu para a América Latina (Foto: Divulgação)Wesley Barbosa será o gerente de negócios do Baidu
para a América Latina (Foto: Divulgação)

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Barbosa disse que o objetivo inicial da vinda do Baidu para o Brasil é o de conhecer o mercado virtual na região. Na China, o site de busca tem cerca de 80% do mercado.

O predomínio do Baidu no país asiático se deve muito aos problemas enfrentados pela censura ao Google, praticada pelo governo chinês. O Baidu, aliás, é listado na Nasdaq, a bolsa eletrônica de valores de Nova Iorque, e seu valor pode ultrapassar a bagatela de U$ 45 bilhões. Um balanço divulgado pela própria empresa revela que o faturamento divulgado em setembro de 2011 chegou a U$ 655 milhões, 85% superior ao obtido no mesmo período do ano anterior.

De acordo com a revista Forbes, o dono do Baidu é o segundo homem mais rico da China. A publicação estima que na conta do bilionário de 43 anos haja U$ 9,2 bilhões - fruto do predomínio do site no maior mercado de Internet do mundo: recentemente a China alcançou a marca de 500 milhões de internautas.

Agora o site aposta em outro mercado emergente - o Brasil. Mas talvez seja prematuro pensar em uma disputa de igual para igual em locais onde a liberdade virtual é a tônica.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares