Sistemas Operacionais

22/03/2012 19h01 - Atualizado em 22/03/2012 19h01

Apps gratuitos do Android gastam mais bateria que os pagos

Priscila Martz
por
Para o TechTudo

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Purdue, localizada no estado americano da Indiana, revelou que os aplicativos gratuitos gastam mais a bateria dos smartphones do que os pagos. De acordo com o estudo, é possivel economizar até 75% de bateria se o dono do aparelho usar somente apps pagos.

Aplicativos para celular consomem muita bateria (Foto: Reprodução)Aplicativos gratuitos consomem muita energia (Foto:
Reprodução)

A pesquisa testou apenas celulares com sistema Android. O motivo para tanta diferença é o fato dos aplicativos gratuitos mostrarem anúncios para os usuários do Android, fazendo com que o celular consuma não só mais bateria, mas também mais dados do pacote de internet.

Abhinav Pathak, um dos responsáveis pela pesquisa, concluiu que um único aplicativo pode diminuir o tempo de duração da bateria em até 90 minutos. Ele analisou apps populares, como Angry Birds, Free Chess e New York Times, percebendo que, da energia consumida pelos apps gratuitos, apenas 30% era destinada às suas funções principais. O resto é usado justamente para a manutenção de propagandas e serviços secundários.

As informações divulgadas pelo pesquisador fizeram com que ele fosse convidado pela Microsoft para participar de um projeto no núcleo de pesquisas tecnológicas da empresa, chamado Microsoft Research. Com a ajuda de Pathak, a companhoa pretende desenvolver uma ferramenta para o Windows Phone chamada EProf, que permitirá analisar profundamente a bateria de um celular com sistema Android.

Pathak tranquilizou os anunciantes ao declarar publicamente que o seu objetivo não é tentar acabar com as propagandas, mas mostrar que eles podem ser otimizados na hora de serem desenvolvidos.

Via News Cientist

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares