Jogos de raciocínio

29/03/2012 17h58 - Atualizado em 28/08/2013 16h13

Conheça a história e cada versão de Angry Birds

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

Hoje parece estranho falar isso, mas houve uma época na qual não existia nenhum smartphone, tablet ou PC no planeta com o jogo Angry Birds instalado. Criação da companhia finlandesa Rovio em 2009, o game tem uma jogabilidade clássica do estilo casual, mas o carisma dos personagens e as constantes atualizações com novos conteúdos fizeram a diferença ao ponto de passar da marca dos 500 milhões de downloads em novembro do ano passado.

Angry Birds já teve mais de 700 milhões de downloads (Foto: Reprodução/Bruno do Amaral) (Foto: Angry Birds já teve mais de 700 milhões de downloads (Foto: Reprodução/Bruno do Amaral))Angry Birds já teve mais de 700 milhões de downloads (Foto: Reprodução/Bruno do Amaral)

Com tamanho sucesso, era inevitável que surgisse uma franquia baseada nos pássaros furiosos, com o último exemplo, Angry Birds Space, atingindo a marca de 10 milhões de downloads em apenas três dias. Outra marca da popularidade são as plataformas suportadas: é possível jogar o primeiro jogo em praticamente qualquer dispositivo ou sistema atual, como iOS, PC, PSP, PlayStation 3, Mac OS X, Android, WebOS, Maemo e Symbian^3, além de versões para o navegador Chrome e para as redes sociais Google+ e Facebook.

Confira um pouco mais sobre a história do game.

O pioneiro

Formada por Mikael Hed, Niklas Hed e Peter Versterbacka, três estudantes da Universidade de Tecnologia de Helsinki, na Finlândia, a Rovio começou em 2003 sob o nome de Relude, pelo qual lançou Mole War, primeiro jogo para plataformas móveis com multiplayer em tempo real no mundo. Dois anos depois, a companhia recebeu investimentos e assumiu o nome atual, celebrado com o lançamento em dezembro de 2009 do então modesto Angry Birds para iPhone.

A história é singela: os pássaros estão com raiva porque um grupo de porcos verdes do mal roubaram seus ovos. Os ladrões tentam se esconder em estruturas de variados materiais, como madeira, vidro ou pedra. Resta ao jogador a tarefa de usar um estilingue para jogar os Angry Birds contra esses refúgios, atingindo todos os porcos e causando o máximo de estrago possível.

Os porcos verdes são os antagonistas (Foto: Reprodução/Bruno do Amaral)Os porcos verdes são os antagonistas (Foto: Reprodução/Bruno do Amaral)

Outro grande ponto do jogo é apostar no fator replay: para cada tela, há a possibilidade de se conseguir até três estrelas, dependendo do seu desempenho. Não raro, o design das fases intriga os jogadores a procurarem estratégias para conseguir o melhor resultado com o menor número de pássaros.

Tudo é feito de maneira bem intuitiva por meio da tela sensível ao toque de smartphones e tablets (ou pelo mouse nas versões para PC e redes sociais ou com a alavanca analógica do joystick no PS3 e PSP), apenas arrastando o estilingue para medir a velocidade e o ângulo com o qual se deseja jogar os pássaros. A simplicidade do jogo e o bom gosto dos personagens ajudaram o título a se tornar um fenômeno cultural, o primeiro oriundo da geração atual de plataformas móveis.

Jogabilidade simples e intuitiva é o ponto forte (Foto: Divulgação)Jogabilidade simples e intuitiva é o ponto forte
(Foto: Divulgação)

Pouco mais de dois anos depois, o aplicativo (em todas as plataformas para as quais foi lançado) acumula 130 milhões de usuários mensais, 30 milhões de jogadores ativos diários e 300 milhões de minutos de jogatina a cada dia. Atualmente, Angry Birds tem oito estágios, cada um deles com centenas de fases.

Festividades

Após o sucesso incrível da primeira versão, nada mais natural do que lançar uma continuação. Angry Birds Seasons é uma edição especial do jogo, trazendo fases temáticas como Natal, Halloween, Ano Novo Chinês e Dia dos Namorados. Apesar da roupagem diferente, a mecânica do jogo é a mesma, com a adição de alguns novos poderes para os pássaros.

Angry Birds Seasons comemora o St. Patricks Day (Foto: Divulgação) (Foto: Angry Birds Seasons comemora o St. Patricks Day (Foto: Divulgação))Angry Birds Seasons comemora o St. Patricks Day (Foto: Divulgação)

A última data comemorativa adicionada pela Rovio ao game foi o Festival do Desabrochar das Cerejeiras do Japão. Além do clima de primavera com o colorido típico das flores, o cenário de fundo é o Monte Fiji.

Carioca

Angry Birds Rio (Foto: Divulgação)Angry Birds Rio (Foto: Divulgação)

A terceira versão oficial de Angry Birds foi lançada em março de 2011, para iOS, Android, Mac OS X, Windows, Symbian, webOS e para o tablet BlackBerry PlayBook. Dessa vez, a temática é toda baseada no filme Rio, da Dreamworks, com personagens e cenários da película criada pelo brasileiro Carlos Saldanha.

Dessa forma, a história muda um pouco. Dessa vez, os Angry Birds originais foram sequestrados e levados ao Rio de Janeiro, onde eventualmente escapam das gaiolas e começam a salvar os amigos, ou seja, os demais pássaros do filme. O jogo traz, pela primeira vez, chefes de fase, representados pelos vilões do filme.

Angry Birds Rio fez bastante sucesso em particular na Android Market, agora chamada de Google Play Store, a loja de aplicativos para o sistema operacional móvel da gigante da web. O título é oferecido gratuitamente, suportado por anúncios em banners e nas telas de pausa.

Uma odisseia

Angry Birds Space foi baixado 10 milhões de vezes em três dias (Foto: Divulgação)Angry Birds Space foi baixado 10 milhões de vezes em três dias (Foto: Divulgação)

A última versão foi lançada recentemente, no dia 23 de março. Angry Birds Space foi desenvolvido em parceria com a NASA (agência espacial americana) e promete 60 fases com novidades na física empregada em relação aos demais episódios da série e um novo visual futurista para os personagens.

Dessa vez, como o nome do jogo sugere, os pássaros estão no espaço após terem sido sugados por um “buraco de minhoca”, ou seja, um portal com “atalhos” entre diferentes lugares do universo. Agora eles estão em uma galáxia estranha, cercados de porcos espaciais e precisam recuperar os ovos sequestrados.

A mecânica agora é baseada em gravidade, de forma semelhante ao jogo Mario Galaxy. Ou seja, na hora de jogar os Angry Birds, é preciso levar em consideração a força gravitacional dos planetas, representadas por círculos transparentes. Esses campos também podem ser utilizados para atrair os porcos contra a superfície.

Com o Angry Birds Space, a Rovio se define como uma grande empresa do ramo de games e a franquia agora está prestes a virar filme, parque temático e nos mais diversos produtos e brinquedos. Seria esse o começo de um novo império na era dos jogos casuais para plataformas móveis? Só o tempo dirá.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • José Júnior
    2012-04-18T15:57:30

    eu já zerei o Angry Birds Space.

  • Rodrigo Oliveira
    2012-04-02T00:18:17

    não importa qual versão são todos impossíveis de fazer 100%... Apenas Chuck Norris fez, ninguém mais

  • Pedro Gralha
    2012-03-31T17:11:02

    E são 95 fases no Angry Birds Space,e não 30. Divididas em: Pig Bang, Cold Cuts, Danger Zone e Eggsteroids.

  • Pedro Gralha
    2012-03-31T17:03:54

    O filme Rio não é da DreamWorks o.O É da 20th FOX