Tablet

23/03/2012 17h03 - Atualizado em 23/03/2012 17h03

Donos do novo iPad reclamam que plano de dados 4G acaba em poucas horas

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

De acordo com o Wall Street Journal, os donos do novo iPad que assistem filmes em HD usando a conexão 4G LTE podem estar entrando em uma armadilha. Usuários do aparelho afirmam que ao rodar vídeos HD em streaming, o tablet da Apple pode gastar cerca de 2 GB de dados por hora. Esse valor equivaleria, por exemplo, a um pacote de dados mensal de US$ 30 pela operadora Verizon.

Novo iPad e Redes 4G. Armadilha? (Foto: Reprodução)Novo iPad com rede 4G pode ser uma armadilha (Foto: Divulgação)

A tela Retina do novo iPad é um grande incentivo ao consumo de vídeos de alta qualidade, porém, se o dono de um tablet gasta todo o seu pacote de dados assistindo a poucas horas de mídia, o plano passa a cobrar pelo consumo extra de dados. Um exemplo disso foi o que aconteceu com Brandon Wells, que diz ter esgotado toda sua franquia assistindo a cerca de duas horas de basquete universitário pelo iPad. Agora ele terá de pagar 10 dólares por cada GB extra utilizado, além da sua assinatura mensal de US$ 30.

A promessa de conexões sem fio superrápidas está colidindo com a realidade dos custos desse tipo de serviço. Como o grande limitador dessa conexão é o plano de dados das operadoras, o jornal procurou a Verizon, que se recusou a comentar sua estratégia de preços para redes 3G e 4G. A empresa apenas aconselhou aos consumidores que escolham um plano mais completo, ou que reduzam o uso de dados mudando para redes Wi-Fi sempre que possível. 

As redes LTE ainda são uma novidade na maior parte do mundo, e nos Estados Unidos apenas a Verizon Wireless e a AT&T oferecem a tecnologia. Com a redução de receitas na telefonia tradicional (chamadas de voz), as operadoras esperam que o 4G aumente seus ganhos mensais cobrando pela quantidade de dados consumidos.

Planos de dados para iPad (Foto: Divulgação)Planos de dados para iPad (Foto: Divulgação)

Mas com a pressão dos usuários em relação aos preços, as operadoras terão que experimentar novos regimes de cobrança. A AT&T, por exemplo, já está estudando um plano para dar aos desenvolvedores de aplicativos a opção de pagar pelos dados móveis de seus produtos, o que criaria uma espécie de "número 0800" para apps.

Enquanto isso, no Brasil, as redes 4G LTE (assim como o novo iPad) são um sonho distante, já que nenhuma operadora de telefonia presta serviços com esse padrão.

Via Wall Street Journal

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Daniel Benicio
    2012-03-25T12:37:18

    certeza não tava botando fé nesse novo ipad melhor o 2 algumas coisa mais velhas sempres serão melhor como o ipad 2 e igual ao internet explorer 8 melhor que a 9 mais a dez que irá sair para windows 8 não posso dizer nada!

  • Luis Gonçalves
    2012-03-24T10:47:19

    É verdade, Tercio. O problema não está no dispositivo e sim na falta de melhor infraestrutura das redes de comunicação. Se nos EUA está assim imagine aqui no Brasil que nem 3g que presta temos. Aliás, fiquei chocado com a tabela de preços da Verizon. O que são 5 gb pra quem está navegando em 4g?

  • TERCIO BAMONTE
    2012-03-24T09:40:00

    O problema nao esta no iPad, mas nos pacotes de internet. A manchete pode dar a entender, aos leigos, que o problema esta no iPad, mas basta ler com um pouco de cuidado para ver qual a verdade.

  • Gabriel Barros
    2012-03-23T18:55:06

    O Novo iPad está sendo atingido por muitos problemas,como super aquecimento,problemas no wi-fi e agora no 4G.Acho que a Apple poderia se manifestar para resolver esses problemas.