Celular

06/03/2012 08h56 - Atualizado em 06/03/2012 08h56

Garoto de 19 anos chama atenção do mundo ao criar smartphones

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Javier Agüera, mesmo tendo apenas 19 anos, criou uma empresa que fabrica celulares destinados aos fanáticos por tecnologia. Os smartphones da GeeksPhone são desenvolvidos com foco no consumidor que se classifica como geek e, sobretudo, não abre mão da liberdade e do baixo custo.

Garoto de 19 anos fabrica smartphones para fanáticos por tecnologia (Foto: Reprodução/GeeksPhone)Garoto de 19 anos fabrica smartphones para fanáticos por tecnologia (Foto: Divulgação)

Até aqui, a empresa de Agüera tem o smartphone GP1, modelo simples voltado para o mercado de entrada. O jovem planeja, no entanto, voos mais ambiciosos para a GeeksPhone ainda em 2012: "esperamos vender nosso modelo de desempenho antes do verão". O modelo citado por ele é o GP2.

Javier Agüera (Foto: Reprodução)Javier Agüera (Foto: Reprodução)

A ideia de Agüera em criar seus próprios smartphones nasceu há três anos, quando ele percebeu que nenhuma opção do mercado oferecia o que ele precisava. Além de caros, os produtos disponíveis não o agradavam.

Essa centelha de qualidade e tecnologia se mantém até hoje, mesmo com as necessidades comerciais da GeeksPhone. "É possível fazer um celular de alto desempenho sem cobrar uma fortuna por ele", disse em entrevista ao jornal El País. E o jovem parece ter acertado no prognóstico: 30% das vendas da GeeksPhone vêm do exterior.

Javier Agüera é visto como uma estrela no futuro da tecnologia. O MIT (Instituto Tecnológico de Massasshusets) o classificou como um dos talentos de menos de 35 anos de idade capazes de mudar o futuro da tecnologia.

Via El País

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Jorge Júnior
    2012-03-07T14:24:07

    Infelizmente que o brasil nào vai pra frente, 6 entre 9 pessoas pensam de forma pequena...

  • Rafael Cezar
    2012-03-06T15:38:03

    Só dando risada mesmo... Na minha humilde opinião não tem nada de mais ele criar um outro tipo de smartphone, isso é simples, só ter dinheiro. Ah, mas será que o smartphone dele vai usar o Android? Ele seria gênio se criasse um OS para concorrer com o IOS, Android e Windows Phone. Desafio lançado, rsrsrsrs...

  • Denis Carvalho
    2012-03-06T14:14:35

    Bom, nenhum momento da matéria eu vi dando exemplo do que esse aparelho faz de diferente já que "ele percebeu que nenhuma opção do mercado oferecia o que ele precisava" ou ta faltando texto ou ta faltando informação. Segunda matéria hoje que vejo faltando algum conteúdo importante!

  • Victor
    2012-03-06T13:01:12

    XD investimento é tudo as maiores ideias de jovens sao barradas pela falta de investimento. Esse passou essa barreira como muitos poderiam passar....

  • Rods Rds
    2012-03-06T12:51:01

    Se ele sabe o que os outros aparelhos não tem então ele só precisa fazer um aparelho padrão com as funcionalidades que ele julga importantes também. A necessidade dos "outros" se encaixa exatamente na necessidade dele. Outra coisa: esse aparelho é desenvolvido pra um grupo específico de usuários (geeks), ou seja, pode ser que usuários comuns nem se importe com um aparelho desses, tornando a compra irrelevante em alguns casos.

  • Elio Ferreira
    2012-03-06T12:35:49

    FOI INTELIGENTE EM CRIAR UM APARELHO COM AS NECESSIDADES QUE ELE PRECISAVA,MAIS SERA QUE PENSOU NAS NECESSIDADES DOS OUTROS USUÁRIOS?

  • Ederson Gelano
    2012-03-06T10:58:28

    Matéria mal escrita, não diz sequer qual a configuração do aparelho, que serviço mal feito.

  • Emerson Santos
    2012-03-06T10:45:30

    Ate eu que conheço eletronica e informatica seria genio se morasse nos EUA onde existe material barato , dinheiro a custo baixo e tecnologia ao dispor .. quero ver esse "genio" fazer isso aqui no brasil ... Onde tudo é imposto , para importar peças de eletroni9ca se paga 100% de imposto e os bancos para emprestar 100 cobram 500 no final ... hehehehe