Internet

18/03/2012 09h51 - Atualizado em 19/03/2012 14h19

Hacker ameaça divulgar dados de mulheres que passaram por clínica de aborto

Robson Sales
por
Para o TechTudo

Um hacker invadiu o site da British Pregnancy Advisory Service, uma clínica que auxilia na prática do aborto no Reino Unido, e ameaça divulgar os dados de mulheres cadastradas. Cerca de 50 mil mulheres passam pela instituição anualmente.

Hacker invade site no Reino Unido e ameaça divulgar dados de mulheres que abortaram (Foto: Divulgação)Hacker invade site no Reino Unido e ameaça
divulgar dados de mulheres que abortaram
(Foto: Divulgação)

Ainda não se sabe o verdadeiro nome do homem, que se identifica no Twitter como Pablo Escobar. Em um tweet, o ativista atacou as mulheres que fazem aborto: “Uma criança não-nascida não tem uma opinião, uma escolha ou qualquer direito”. E completou: “É assassinato!”

O site do British Pregnancy Advisory Service ficou temporariamente fora do ar. A instituição não recebe dinheiro diretamente do governo britânico para aborto, mas o sistema de saúde fornece verba para que sejam realizados outros procedimentos médicos relacionados à gravidez.

Um porta-voz da clínica negou que o hacker tenha conseguido roubar as fichas das mulheres. Segundo ele, já foram feitas cerca de 26 mil tentativas de invasão, mas nenhuma teve sucesso. As autoridades foram avisadas, e a instituição está tomando as providências jurídicas cabíveis.

Via Daily Mail

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Renato Amorim
    2012-03-18T16:27:21

    questão para se pensar, será que devemos interromper um ciclo de huma vida ou simplesmente deixar completar e abandonar nessa sociedade doente e criminosa!?