Internet

15/03/2012 17h20 - Atualizado em 15/03/2012 17h20

Netflix testa app para funcionar em mais de mil Androids

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

A Netflix tem uma dura tarefa para atender aos mais exigentes clientes. Ao lançar versões ou atualizações de software para dispositivos móveis, a companhia é obrigada a testar os aplicativos antes de efetivamente soltá-los na rede. Com o iPhone é muito fácil, porque o aparelho é igual, com o mesmo modelo para todos os usuários. O desafio mesmo fica por conta do Android e seu cenário variado de dispositivos.

Netflix testa diversas versões de aparelhos com Android para compatibilizar seu app nos mais variados modelos (Foto: Reprodução)Netflix testa diversas versões de aparelhos com
Android para compatibilizar seu app nos mais
variados modelos (Foto: Reprodução)

Dados recentemente revelados pela Netflix mostram a complicação no desenvolvimento do cliente para Android. “Para colocar a diversidade de dispositivos em contexto, nós vemos quase mil dispositivos diferentes reproduzindo conteúdo da Netflix no Android a cada dia”, a empresa revelou em um post bastante elucidativo.

Como a Netflix faz para testar os softwares que depois vão funcionar em mais de mil Android? Eles escolheram uma variedade de aparelhos considerados principais, com os quais ficou inevitável conduzir os testes antes de liberar o aplicativo no Android Market (agora chamado de Google Play).

O dia a dia da Netflix inclui a execução dos aplicativos ainda em produção em dez celulares e quatro tablets. São os que oferecem “cobertura máxima” do mundo Android, de acordo com a companhia. Para os futuros lançamentos, eles conduzem as verificações em uma série de outros dispositivos.

Para chegar ao número ideal de aparelhos foi necessário levantar as arquiteturas utilizadas para entrega de conteúdo (se decodificação por software ou por hardware, etc.), pegar os que são top de linha e os de desempenho mais baixo (considerando também processador e memória) e detectar quais 'sabores' do Android são os mais usados, com exceção das versões oficiais divulgadas pelo Google (por exemplo, CyanogenMod). Por fim, a equipe da Netflix pegou os dispositivos mais utilizados pelos assinantes do serviço. Uma escolha natural.

A empresa não revelou quais são os dez aparelhos cativos, que sempre participam dos testes, mas disse que a listagem está em constante atualização porque o mercado é dinâmico.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares